De saída do PSB, Lissauer Vieira avança negociações com PSD e PTB

Presidente da Assembleia Legislativa de Goiás tem pouco menos de um mês para definir destino político 

Com as eleições se aproximando, o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) Lissauer Vieira (PSB) tem tido conversas mais avançadas para se filiar ao Partido Social Democrático (PSD). No entanto, o rumo a ser seguido pelo político também pode ser ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). Contudo, com prazo apertado para tomar uma decisão sobre o destino político, o deputado deve deixar a atual legenda e fazer uma pausa para escolher o novo partido. 

Algo que Lissauer coloca como critério para definir o partido é o alinhamento da legenda ao atual governo. “A única condição que coloco para qualquer partido é estar apoiando o projeto do governador [Ronaldo] Caiado”, salientou o atual presidente da Alego. Essa questão pode estar freando a ida dele para as duas legendas.

Por enquanto, o PSD articula o nome do secretário da Fazenda do governo de São Paulo, Henrique Meirelles, para a vaga de candidato ao Senado na chapa de reeleição do governador Ronaldo Caiado (UB), já o PTB ainda não estabeleceu quem irá apoiar para o governo estadual, segundo o presidente da sigla, Eduardo Macedo. O presidente do PTB, inclusive, já conta com Lissauer para reforçar o partido no estado, que nesta legislatura ficou sem representação na Alego.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.