De Hitler a Che Guevara: MPF em Goiás quer identificar homenagens a “torturadores” na UFG

Procurador resolveu estender recomendação nacional para apurar celebrações a autores de tortura durante a ditadura no Brasil. Veja lista de nomes citados

O Ministério Público Federal (MPF) em Goiás instaurou, nesta quinta-feira (12), Procedimentos Preparatórios (PP) para apurar se universidades e institutos federais no Estado concederam homenagens a autor de graves violações de direitos humanos, nacional ou estrangeiro, vinculado a regimes ditatoriais.

Como primeira medida, o MPF oficiará a Universidade Federal de Goiás (UFG), o Instituto Federal Goiano (IF Goiano) e o Instituto Federal de Goiás (IFG) para que forneçam, no prazo de 30 dias, informações que apontem a existência de títulos honoríficos, nomes de prédios, salas, espaços, ruas, praças ou logradouros dos respectivos campi que façam alusão a essas pessoas.

Em nota, o MPF em Goiás cita os seguintes nomes: Adolf Hitler, Kim II-Sung, Muammar al-Gaddafi, Francisco Franco, Augusto Pinochet, Josef Stalin, Kim Jong-Il, Slobodan Milosevic, Omar al-Bashir, Mao Tsé-Tung, Vladimir Lenin, Robert Mugabe, Benito Mussolini, Saddam Hussein, Pol Pot, Getúlio Vargas, Fidel Castro, Ernesto Che Guevara, Raul Castro, Hugo Chávez e Nicolás Maduro.

A medida adotada pelo procurador da República Ailton Benedito de Souza tem como base documento da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), exigindo que os institutos federais de ensino superior de todo o Brasil notifiquem toda e qualquer alusão a pessoas responsáveis direta ou indiretamente pelas torturas e assassinatos entre 1964 e 1985, na época da ditadura militar.

No âmbito de Goiás, o procurador resolveu “abranger não só a identificação de homenagens concedidas aos autores de graves violações de direitos humanos praticados durante a ditadura, mas também em relação àqueles, nacionais ou estrangeiros, vinculados a qualquer regime político-ideológico ou ditatorial”.

Aílton Benedito entende que, em relação à UFG, ao IF Goiano e ao IFG, cabe ao MPF em Goiás a atribuição de iniciar a respectiva apuração. Assim, instaurou PP para cada um deles no intuito de prosseguir na investigação.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Wesley

O PT acabou com o Brasil.