De ex-presidente dos EUA a padre cantor: Desafio do Gelo é sensação nas redes sociais e quem ganha são os portadores de esclerose

Com a midiatização que a campanha acabou por tomar a ação conseguiu arrecadar, em menos de 48 horas, o montante de R$ 16 milhões

Marcelo Gouveia e Thiago Burigato

Willian Bonner também participou da brincadeira

Willian Bonner também participou da brincadeira

O “Desafio do Gelo” virou febre nas redes sociais e a brincadeira não ganhou apenas à adesão de celebridades. Em recente vídeo postado, até o ex-presidente dos Estados Unidos da América (EUA) George W. Bush apareceu tomando um banho de água fria. Como não podia deixar de ser, a ação acabou recebendo comentários negativos quanto à principal finalidade: angariar fundos para instituições envolvidas com a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA).

O jornalista estadunidense Will Oremus defendeu em um artigo publicado no site “Slate” que as pessoas deveriam parar com “a bobagem do balde” e simplesmente doar o dinheiro às instituições. Nas redes sociais, também não é raro nos depararmos com comentários do gênero.

Acontece que com a midiatização que a campanha acabou por tomar a ação conseguiu arrecadar, em menos de 48 horas, o montante de R$ 16 milhões.

O balde com gelo é uma referência ao frio que os pacientes da doença sentem. A ELA pode deixar seus portadores impossibilitados de falar, andar e respirar.

A mobilização chegou ao Brasil, onde jornalistas, artistas, apresentadores e jogadores de futebol se juntaram à brincadeira. Nomes como Cumpadre Washington, Ana Maria Braga, Neymar, Bruna Marquezine e Luciano Huck já participaram, e mais recentemente o padre Fabio de Melo, Willian Bonner e Palmirinha também adeririam.

Confira os vídeos:

http://instagram.com/p/r7XcF7TUv8/

http://instagram.com/p/r7b2jjzUnF/

http://instagram.com/p/r7L3UdTUsE/

http://instagram.com/p/r7EbvqzUg0/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.