Deputado federal garantiu que Victor Priori não terá suporte de seu pai. Segundo ele, empresário do DEM não tem popularidade e corre risco de nem concorrer ao cargo

Entrevista Daniel Vilela. 23/11/2015 Foto: André Costa
Daniel garantiu que Victor não terá apoio nem do próprio partido nas eleições | Foto: André Costa

O deputado federal Daniel Vilela (PMDB) desmentiu, em entrevista ao Jornal Opção, as afirmações do candidato a prefeito de Jataí, Victor Priori (DEM), de que ele tem apoio de seu pai, Maguito Vilela (PMDB), e que ganhará as eleições na cidade. “Nunca vi declaração pública do Maguito nesse sentido”, destacou. Segundo Daniel, Victor corre o risco de nem sequer ser candidato.

[relacionadas artigos=”67751″]

Em entrevista ao Jornal Opção, Victor afirmou: “Há mais sintonia do eleitorado comigo. Além disso, tenho o apoio do ex-governador Maguito Vilela, que, mesmo administrando outro município [Aparecida de Goiânia], é um líder político em Jataí, um referencial para todo”. Ele acrescentou ainda que conta “com o apoio do senador Ronaldo Caiado, um dos políticos mais populares do país”.

O suposto apoio de Caiado também foi questionado por Daniel: “Caiado fez um compromisso comigo e com o Humberto [Machado, atual prefeito de Jataí]. No dia em que Victor foi filiado, Caiado me ligou e disse que ele não teria seu apoio”. “Nem candidato vai ser”, alfinetou.

Ao contrário do que afirmou Priori, Vilela garantiu que sua popularidade em Jataí não vai bem. “Victor tem 49% de rejeição em pesquisa, isso é quase metade da população”, ressaltou Daniel. “Ele diz que agora é oposição ao Marconi, mas já foi filiado ao PSDB. E ainda quer que confiemos nele”, ironizou, “Quem o conhece, detesta”.

Daniel também comentou a critica de Victor ao candidato do prefeito Humberto Machado, Geneilton de Assis (PMDB), segundo ele, um desconhecido. “Geneilton é novidade, vem de dois setores importantes que são a Universidade e a iniciativa privada, é professor e administrador e vem com projeto de renovação, mantendo boas práticas empreendidas pelo Humberto, e inovação, com modernas ferramentas de gestão”, elogiou.