“Daniel é a única oposição de verdade “, diz ex-presidente do DEM em Aparecida

Fábio Camargo e mais 15 suplentes de vereador abandonaram o democratas e declararam apoio ao candidato do MDB

Daniel Vilela | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O ex-presidente do DEM em Aparecida, Fábio Camargo, e outros 15 políticos que compunham o partido, decidiram, nesta semana, abandonar a sigla. Além disso, o grupo não vai apoiar o presidente estadual do DEM e pré-candidato Ronaldo Caiado.

Em entrevista ao Jornal Opção, Fábio diz que ainda não definiu em qual partido vai se filiar, mas garantiu que seu apoio e dos 15 suplentes de vereador será do pré-candidato do MDB, Daniel Vilela. “A turma achou melhor apoiar o Daniel pela história do Maguito e por ser a única oposição de verdade, porque Caiado foi quem indicou o nome que hoje ocupa o cargo de governador”, afirmou se referindo ao também pré-candidato José Eliton.

O ex-presidente democrata diz ainda que, dentro do partido no município de Aparecida, o único a declarar apoio a Caiado foi o vereador Manoel Nascimento.

Apesar disso, Fábio garante que deixa o partido melhor do que quando entrou. “Na última eleição tivemos chapa única com 35 candidatos e elegemos dois vereadores”, comemorou.

Ética

Para Fábio Camargo, a atitude dele e do restante do grupo que abandonou o DEM é a mais ética quando o político não concorda com o pré-candidato escolhido pelo partido.

Sobre a suspensão promovida pelo Conselho de Ética do MDB aos prefeitos dissidentes, Fábio considera legítima. “Eu acho isso um absurdo. Se o partido tem pré-candidato e ele quer apoiar outro, que saia do partido. Esquecer o partido que o elegeu só para apoiar quem está a frente nas pesquisas não é certo”, finalizou.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.