PSD realiza reunião para definir estratégia em Goiânia

Encontro discutirá posicionamento da sigla após saída de Iris Rezende (MDB) da pré-campanha. “Não existe nada de concreto “, diz o presidente Vilmar Rocha, sobre especulações envolvendo alianças

Vilmar Rocha | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O presidente do PSD em Goiás, Vilmar Rocha, o municipal, Simeyson Silveira, o senador Vanderlan Cardoso e o pré-candidato, deputado federal Francisco Júnior marcaram reunião sobre a eleição da capital após saída de Iris Rezende (MDB) para esta segunda-feira, 31. “Vamos começar efetivamente a conversar, a analisar mesmo, e a tomar decisões concretas”, disse ao Jornal Opção.

Composições devem estar na pauta da reunião. A convenção do partido está marcada para dia 14 de setembro.

Segundo Vilmar, o processo acontece no momento de abertura do prazo de convenções e após um rápido período de “decantação” que o processo eleitoral sofreu com o anúncio da aposentadoria de Iris. Esse tempo foi o necessário “para que o mundo político e partidário de Goiânia absorvesse isso”.

Para Vilmar, “é natural” que a saída de Iris, o nome mais visado, provoca uma discussão e “uma reorganização das forças políticas da capital”. Na avaliação do presidente pessedista, o prefeito e a família dão sinais de que não deve mesmo voltar para o páreo.

Sobre especulações da pré-candidatura de Vanderlan ou em relação a uma possível aproximação com o governador Ronaldo Caiado (DEM), Vilmar afirma que “neste período de decantação tem muita espuma, muitas elucubrações, insinuações, mas nada efetivamente de concreto. Mas não existe absolutamente nada de concreto”.

“No caso do PSD, a nossa posição continua o mesma, que é a pré-candidatura do Francisco Júnior. Até agora não mudou nada” , afirmou Vilmar, sobre o que chamou de decisão consolidada e anunciada do partido.

Emissários

Vilmar confirma que tem havido sondagens, conversas, de pessoas do entorno do Palácio das Esmeraldas. “Nessa época é natural que todo mundo converse com todo mundo”, frisa. Mas não houve conversa com o governador. “Nunca conversei com ele,nem pessoalmente, nem por telefone”, disse, sobre Caiado.

Sabatina

Vilmar também disse que deve acompanhar Francisco Júnior na sabatina, também nesta segunda-feira, na sede atual da Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio/GO), no prédio do Sesc Centro. O pré-candidato deve inaugurar a série com os postulantes ao Paço promovida pela entidade, em evento na parte da tarde. O presidente disse que Vanderlan e Simeyson também foram convidados por ele para acompanhar o deputado federal no evento. “Nossa reunião deve ser antes ou depois deste evento”.