Cúpula do MDB se reúne e deve definir ato conjunto para entrega de cargos

Presidente do partido, Daniel Vilela, e secretários devem se reunir no domingo, 4, para acertar os últimos detalhes do rompimento com o Paço

Daniel Vilela, Euler Morais e Agenor Mariano

Um ato conjunto com a entrega dos demais cargos que ainda pertencem ao MDB deve acontecer em breve. O presidente estadual do partido, Daniel Vilela, secretários e lideranças emedebistas se reunirão no próximo domingo, 4, para acertar os últimos detalhes do desembarque do partido no Paço Municipal.

A avaliação é de que o MDB e Rogério Cruz já vivem uma espécie de casamento fracassado. “Convivem na mesma casa, mas há muito tempo já não dormem na mesma cama”, dizem interlocutores do prefeito.

Devem entregar os cargos o secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Agenor Mariano, o secretário municipal de Relações Institucionais, Euler Morais, o secretário de Desenvolvimento e Economia Criativa, Carlos Júnior, o secretário de Finanças, Alessandro Melo, o presidente da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC), Murilo Ulhôa; além do presidente da Comurg, Artistóteles de Paula, cujo substituto já deve ser anunciado nesta quinta-feira, 1, conforme antecipado pelo Jornal Opção.

Apesar de secretários emedebistas entregarem os cargos e o rompimento com Paço se concretizar, a tendência é de que os vereadores continuem na base do prefeito Rogério Cruz (Republicanos).

“O Rogério conseguiu neutralizar os seis vereadores do MDB e eles não irão para a oposição. O MDB vai perder espaço no governo, vai sair enfraquecido e o prefeito vai garantir sua governabilidade do mesmo jeito”, avalia uma fonte ligada ao Paço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.