Jovair Arantes com Eduardo Cunha-educardo-620x350
Arquivo

Anunciado aliado do ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB), cassado na noite da última segunda-feira (12/9), o goiano Jovair Arantes (PTB) estava “repugnado” com o processo e por isso não compareceu à votação. A informação é do próprio Cunha, que citou o petebista durante entrevista coletiva, logo após a sessão que cassou seu mandato na Câmara.

“Jovair me telefonou várias vezes. Não se sentia confortável em vir aqui. Ele estava repugnado com o processo”, confidenciou Cunha à imprensa.

O imbróglio envolvendo a cassação de Eduardo Cunha teve fim na última segunda-feira, após aprovação do relatório do Conselho de Ética. O parecer favorável à perda do mandato do peemedebista — acusado de mentir na CPI da Petrobras sobre manter contas no exterior — foi considerado procedente por 450 parlamentares, apenas 10 votaram contrários à cassação.