Cuba decreta luto de 9 dias pela morte de Fidel Castro

Líder cubano morreu na noite da última sexta-feira (25/11) e seu corpo será cremada ainda neste sábado (26)

Fidel Castro morre aos 90 anos | Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

Fidel Castro morre aos 90 anos | Foto: Ismael Francisco/ Cubadebate

O governo de Cuba anunciou neste sábado (26/11) que o funeral de Fidel Castro será no dia 4 de dezembro, no cemitério Santa Efigência, na cidade de Santiago de Cuba. Mas o corpo do ex-presidente deve ser cremado ainda neste sábado, conforme a vontade do próprio Fidel.

O líder cubano morreu na noite da última sexta-feira (25/11), aos 90 anos. A morte de Fidel foi anunciada na televisão estatal cubana pelo irmão dele, o presidente de Cuba, Raúl Castro, que decretou luto oficial de nove dias no país.

Ao anunciar a morte de Fidel, Raul Castro afirmou: “Com profunda dor, compareço para informar ao nosso povo, aos amigos da América e do mundo, que hoje faleceu o comandante e chefe da revolução cubana Fidel Castro Ruz. Em cumprimento a vontade expressa do companheiro Fidel seu corpo será cremado. Até a vitória. Sempre”.

Fidel Castro é, ao mesmo tempo, adorado por muitos cubanos e também odiado por outros tantos que se exilaram principalmente nos Estados Unidos para fugir do regime socialista implantado durante a revolução cubana, liderada pelos irmãos Castro. Milhares de cubanos, que moram principalmente em Miami, nos Estados Unidos, saíram às ruas para celebrar a morte de Fidel.

Homenagens póstumas e cremação

O corpo do ex-presidente de Cuba, Fidel Castro, será cremado e as cinzas serão colocadas em um cemitério na cidade cubana de Santiago, no dia 4 de dezembro. Antes disso, centenas de homenagens oficiais serão feitas ao líder cubano.

Santiago foi a cidade em que Fidel cresceu e frequentou a escola. E foi também nesta cidade que Fidel Castro, em 1959, de uma janela da prefeitura, anunciou ao mundo a revolução cubana. O líder cubano nasceu na cidade de Birán, no dia 13 de agosto de 1926

Entre as homenagens previstas a que terá maior destaque será feita na próxima segunda-feira, em frente ao Memorial José Martí, em Havana, capital cubana. Neste dia , a população cubana poderá prestar homenagem ao líder cubano.

De acordo com o ritual previsto, todos os que comparecerem a essa homenagem deverão assinar um livro em que prometem fidelidade à revolução cubana. Haverá também, no mesmo dia, uma missa na Praça Havana, onde Fidel costumava se dirigir às multidões.

Na quarta-feira, as cinzas do ex-presidente serão transportadas para várias cidades do país, para que a população possa homenageá-lo. No sábado, haverá outra missa na cidade de Santiago. (Com Agência Brasil)

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.