Criticada por Pedro Paulo, anuidade da OAB-GO teve reajuste de R$ 23 nos últimos sete anos

De acordo com nota divulgada pela Ordem, o valor já chegou a estar em primeiro lugar no Brasil, mas recuou um ranking

As eleições para a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Goiás acontecerá no dia 19 de novembro, e no centro das discussões está a cobrança da anuidade. O candidato a presidente pela chapa Muda OAB, Pedro Paulo de Medeiros, critica o valor cobrado, que ao ser comparado com outros estados aparece em segundo lugar como a mais cara. Entretanto esse é um problema antigo e que já foi ainda pior.

Nos recentes debates e entrevistas sobre a eleição da OAB-GO, o presidenciável, Pedro Paulo, sempre tende a relacionar os assuntos abordados com a cobrança da anuidade. O argumento é sempre o mesmo: OAB-GO tem a segunda maior anuidade do Brasil. Entretanto, ele se esquece que quando a Ordem estava sob o comando do grupo chamado OAB Forte – ao qual ele pertencia – Goiás era o primeiro colocado no ranking das maiores cobranças.

Não se pode negar que o valor cobrado pela anuidade ainda é alto. Mas, afinal, nos últimos anos houve ações que permitiram segurar os reajustes e tirar Goiás a liderança do ranking das cobranças mais caras. A anuidade hoje é de R$ 1.128,24, com desconto cai: R$ 1.015,42. O mesmo valor que foi cobrado em 2020. Em 2019 valor da anuidade para os advogados goianos foi de R$ 1.075.13 – com descontos caia R$ 967,62.

Em 2015, quando OAB Forte presidia a Ordem, o valor integral da anuidade era de R$992. A cobrança permitiu que Goiás chegasse ao topo do ranking. Para efeito de comparação, em sete anos o valor acrescido foi de R$ 23,00

Nota

Sobre o valor alto da anuidade, a assessoria da OAB-GO emitiu uma nota em que aponta que atualmente é sim a segunda maior do Brasil, mas que em um passado recente, ela chegou a ser a mais alta.

No comunicado, é informado ainda que o maior valor foi entre 2014 e 2015, mas que logo após, ela recuou no ranking e passou a ficar em segundo lugar. De acordo com a nota, o índice acumulado do IPCA do último ano em relação ao reajuste da anuidade é de 48,24% e que a reposição do valor foi inferior a um terço da inflação do período.

Segundo a assessoria, a anuidade tem 10% de desconto para pagamentos à vista em todas as faixas e o valor decresce para jovens com menos tempo de inscrição.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.