Cristão, Glaustin da Fokus diz ser preciso medidas constitucionais contra Gaviões da Fiel

“Repudio e expresso minha indignação ao que foi apresentado pela escola: um espetáculo de desrespeito a todos os cristãos”

Foto: Reprodução

Francisco Costa

No domingo, 3, a Gaviões da Fiel gerou polêmica ao apresentar em seu samba-enredo um duelo entre o Jesus e o Diabo. Durante a apresentação, o filho de Deus é derrotado antes de, posteriormente, vencer, ao fim da festa. Mas o recorte foi suficiente para que a bancada religiosa manifestasse repúdio e indignação no dia seguinte. Nesta quarta-feira, 6, o assunto ainda rende.

Deputado federal por Goiás, o empresário e pastor Glaustin Fokus (PSC) disse ter sido um dos primeiros da Frente Parlamentar Evangélica (FPE) a se manifestar sobre o assunto no grupo. “Assisti, após a repercussão, estarrecido às cenas do desfile da escola de samba Gaviões da Fiel. Como integrante da Frente Parlamentar Evangélica, também repudio e expresso minha indignação ao que foi apresentado pela escola: um espetáculo de desrespeito a todos os cristãos”.

Desta forma, o congressista reforça o posicionamento da FPE de que “manifestações dessa natureza estimulam o desrespeito e a intolerância, caminho inverso àquele que nós, brasileiros, estamos buscando consolidar continuadamente”. Para Glaustin, é preciso, agora, medidas constitucionais sobre o impacto de ações dessa natureza, que estimulam a desvalorização dos valores cristãos, atacam a fé e desviam os cidadãos do propósito de promover a paz e a justiça.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.