Crianças de 2 e 4 anos relatam abusos sexuais cometidos pelo próprio pai

Homem foi preso após funcionários de uma creche acionarem o Conselho Tutelar

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Francisco Rodrigues Lima, de 29 anos, pode pegar até 16 anos de prisão |Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Polícia Civil do município de Caldas Novas prendeu, nesta quarta-feira (3/2), um homem de 29 anos acusado de agredir e estuprar os filhos de 2 e 4 anos. Os irmãos relataram à polícia os abusos sofridos e também confirmaram as agressões.

Segundo informações da Polícia Civil, as investigações tiveram início quando funcionários de uma creche acionaram o Conselho Tutelar do município, após constatar a presença de várias lesões no corpo do garoto de 4 anos. A criança teria narrado às cuidadoras que o pai havia esganado seu pescoço e o machucado com uma faca.

Exame de corpo de delito também revelou lesões no corpo do menino, que comprovam o abuso sexual cometido pelo pai. A própria criança teria relatado o estupro ao médico legista. “Durante o banho, papai colocou a cobra dele para me picar”, contou a criança.

Os irmãos foram enviados a um abrigo infantil de Caldas Novas. No local, a menina de 2 anos de idade relatou  à coordenadora da unidade que “o pai a namorava, acariciava suas partes íntimas e também beijava sua boca”.

Francisco Rodrigues Lima, que é natural do Maranhão, está preso na Unidade Prisional de Caldas Novas e será indiciado pelos crimes de maus tratos e estupro de vulnerável, podendo ser condenado em até 16 anos de prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.