Criação de empregos formais no mês de junho cai no Estado

Neste ano o Estado registrou quase 62 mil novos postos de trabalho 

carteira_de_trabalho.jpg.620x350_q85_ltrbx

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), mostram que Goiás registrou 3.522 empregos formais no mês de junho. O resultado representa uma queda de 44% se comparado ao mesmo período do ano passado e o pior resultado dos últimos sete anos perdendo apenas para junho de 2006 quando o número foi de apenas 2.438. Já em junho 2008, as contratações chegaram perto de 12 mil, a maior registrada nos meses de junho dos últimos 11 anos.

No país o total de empregos formais registrados no mês de junho deste ano foi de 25.363, o que representa uma queda de aproximadamente 49% se comparado ao mesmo período do ano passado. Já se comparado ao mês de maio deste ano houve um decréscimo de quase 34 mil registrados.

De acordo com a Caged, o ramo de trabalho que mais cresceu no estado foi o de serviços, com 2.376 contratações; em seguida aparece a agropecuária, com 778 novos postos de trabalho. Goiânia é a cidade que mais contrata no Estado, seguida por Cristalina e Itumbiara. Dentre as que menos registram trabalhos formais estão Valparaiso de Goiás, Formosa e Anápolis.

Deixe um comentário