Cresce preocupação com segurança na Rio 2016, afirma ministro da Defesa

Segundo ministro, procedimentos de segurança serão intensificados e atenção às delegações de Estados Unidos e França será redobrada

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, afirmou nesta sexta-feira (15/7) que a preocupação com a segurança durante os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro cresce após a o ataque ocorrido na última quinta-feira (14/7) na cidade de Nice, no sul da França. “Evidentemente que existem fatos que preocupam. Não tenha dúvida, cresce a nossa preocupação com a segurança”, declarou em entrevista à Rádio Nacional de Brasília.

Com o atentado presidente interino Michel Temer (PMDB), que está em São Paulo, antecipou sua volta a Brasília para uma reunião de emergência em que a segurança durante as Olimpíadas será discutida com os ministros da Justiça, Defesa e GSI.

De acordo com o ministro Jungmann, todos os procedimentos de segurança vão ser revisados e intensificados. “Vamos ampliar os esquemas de controle de barreira, de check point, de uso de detectores de metais”, detalhou.

Jungmann acrescentou ainda que não houve nenhuma ameaça concreta ou potencial de terrorismo durante as Olimpíadas no Brasil e que o maior risco é de ataques contra as delegações de países como a dos Estados Unidos ou da própria França. As medidas tomadas, portanto, vão redobrar a segurança nesses casos. O alojamento dos atletas será instalado em locais de menor circulação e de maior controle, como a Escola Naval.

Ainda segundo o ministro, cerca de 22 mil homens das Forças Armadas vão trabalhar durante os jogos no Rio de Janeiro. Somadas com as outras cidades que vão receber a competição – Manaus, Brasília, Belo Horizonte e Salvador – aproximadamente 40 mil homens participam da segurança de todo o evento.

““No Brasil, teremos a primeira Olimpíada com um centro internacional de inteligência e informação. Esse centro vai reunir representantes de inteligência, serviço secreto e informações de 106 países que vão atuar conosco”, afirmou Jungmann que também garantiu que o período vai ser tranquilo, uma vez que a segurança durante os Jogos vai ser sete vezes maior que as de dias comuns no Rio. (Com informações da Agência Brasil)

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.