Cremego deve adotar exame para médicos recém-formados ainda em 2017

Informação é do próprio presidente do órgão, Leonardo Reis. Intenção é criar uma maneira de fazer com que faculdades identifiquem deficiências e melhorem ensino 

Em entrevista recente ao Jornal Opção, o presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado de Goiás (Cremego), Leonardo Reis, adiantou que o órgão pretende adotar, ainda neste ano, um exame de aptidão para médicos recém-formados, a exemplo do que já ocorre em outras categorias profissionais.

“Sim, o Cremego vi começar a fazer uma prova de egressos, ainda esse ano. Já foi aprovado e estamos avaliando a melhor forma”, explica o médico à reportagem.

A possibilidade de criação do exame no Estado é antiga e segue exemplo do Conselho Regional de Medicina de São Paulo. A intenção é criar uma maneira de fazer com que as faculdades identifiquem as deficiências e melhorem a qualidade do ensino, uma vez que os resultados são divulgados.

Vale destacar, entretanto, que, caso implantada pelo Cremego, a prova não se torna pré-requisito para exercer a profissão. Neste caso, o exame seria obrigatório para quem quiser se inscrever no conselho, mas não é necessário ter passado de fato para exercer a medicina.

Para o atual presidente do Cremego, o processo pode contribuir para que o aprendizado nas novas escolas de medicina sejam aprimorado. “Hoje, infelizmente, temos muitos cursos com aparelho deficiente e sem nenhuma estrutura”, endossa Leonardo Reis.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.