Credeq de Aparecida reduz em 50% número de pacientes avaliados

Medidas têm o propósito de preservar vidas e manter a excelência no atendimento e no tratamento, afirma diretor

Foto: Reprodução

O Centro Estadual de Referência e Excelência em Dependência Química, em Aparecida de Goiânia (Credeq Prof. Jamil Issy), reduziu em 50% o número de pacientes avaliados, diariamente, no âmbito ambulatorial. Essas é uma das ações que integram o protocolo de combate ao Coronavírus (Covid-19). No âmbito das internações, as atividades físicas com contato físico estão suspensas e as atividades internas, em ambientes fechado, reduziram para no máximo 10 pacientes em local arejado, mantendo distância de 1 metro.

Os pacientes ambulatoriais estão aguardando suas consultas do lado de fora da unidade, em frente a recepção central, em um ambiente organizado pelo setor de hotelaria da instituição, mas que considera distâncias protocolares. Ao receber o paciente na recepção e ele sendo identificado com sinais gripais, lhe é ofertada a máscara cirúrgica. Em seguida, ele é isolado em um local arejado até a chegada da equipe de enfermagem, quer realizará a triagem na recepção e repassará as orientações ao paciente e ao seu acompanhante.

Para os pacientes do setor internação, que nesta quinta-feira, 19, somavam 96, sendo 16 mulheres e 80 homens, as visitas e licenças terapêuticas (LT) estão suspensas (aquelas em que o paciente volta para a casa por um final de semana), assim como as realizações de exames não urgentes fora da unidade. De acordo com o diretor técnico do centro, Danilo Fiorotto, as medidas têm o propósito de preservar vidas e manter a excelência no atendimento e no tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.