“CPF cancelado”, diz Jair Bolsonaro sobre Lázaro, em redes sociais

Foragido há 20 dias, homem suspeito de matar uma família de quatro pessoas em Ceilândia foi capturado vivo e levado a hospital, mas não resistiu aos ferimentos

Após a captura de Lázaro Barbosa, o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) reagiu em suas redes sociais. Em uma das publicações, cumprimentou os mais de 270 policiais envolvidos na busca que durou mais de 20 dias. Com 32 anos, Lázaro é suspeito de matar uma família de quatro pessoas em Ceilândia, no entorno do Distrito Federal e de vários outros crimes de latrocínio e assassinato.

“LÁZARO: CPF CANCELADO!”, anunciou o presidente, em uma de suas publicações.

Na madrugada desta segunda-feira, 28, Lázaro foi cercado por policiais em uma mata próximo à casa de sua ex-sogra. Ao ameaçar e disparar tiros contra policiais, os agentes revidaram. O corpo de Lázaro teria sido alvejado com mais de trinta tiros. Após a captura, ele foi encaminhado ao Hospital Municipal Bom Jesus, em Águas Lindas de Goiás. Declarada a morte, foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia. Após à perícia, o corpo será entregue à família.

Confira as publicações de Jair Bolsonaro acerca do caso

https://twitter.com/jairbolsonaro/status/1409523075708751877
https://twitter.com/jairbolsonaro/status/1409525593180344320

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.