Corredor Universitário receberá videomonitoramento igual ao do Vaca Brava

Regiões do Aeroporto Internacional Santa Genoveva, da 44 e do Setor Campinas também vão contar com a fiscalização

Câmeras instaladas na região do Parque Vaca Brava fiscalizam 15 situações previstas no Código Brasileiro de Trânsito

Desde o dia 17 de julho, as imediações do Parque Vaca Brava, no Setor Bueno, são videomonitoradas pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT). A controversa fiscalização, por meio de câmeras, será estendida, em breve, também ao Corredor Universitário, compreendido pela Avenida Universitária e Rua 10.

Embora ainda sem uma data certa, a expansão da fiscalização pode acontecer até o final deste ano, prevê o órgão.

Além do Setor Universitário, regiões do Aeroporto de Goiânia, da Rua 44 e do Setor Campinas também passaram a contar com videomonitoramento. O sistema será expandido diante do balanço positivo obtido na região do Vaca Brava, que, segundo a SMT, vem promovendo a “mudança de comportamento” do motorista goianiense.

“Durante o período educativo da fiscalização, o uso do celular era o campeão de infrações correspondendo a cerca de 60% das autuações. Hoje, o uso do aparelho ocupa apenas a nona posição”, destaca o secretário Luiz Fernando Santana.

Durante os primeiros sete dias de funcionamento das câmeras, período da campanha educativa, foram registradas 120 infrações por dia. Hoje, o número caiu para 27.

Autuações

Segundo balanço da SMT, estacionar em locais proibidos é a principal infração cometida no entorno do Parque Vaca Brava. No período de 17 de julho à 31 de outubro foram quase 1,3 mil autuações.

Executar conversões proibidas foi a causa de 516 multas flagradas pelo videomonitoramento.  As câmeras flagraram 32 motoristas utilizando o aparelho celular enquanto dirigiam e 23 condutores foram autuados por não usar o cinto de segurança.

Durante o período de fiscalização, a SMT emitiu através do videomonitoramento 2.037 autos de infração.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.