Coronavac produz anticorpos contra Covid-19 em 97% dos participantes, aponta estudo

Pesquisa sobre vacina em desenvolvimento pela parceria entre Instituto Butantan e farmacêutica chinesa Sinovac Life Science foi publicada na revista científica Lancet Infectious Diseases

Na noite desta terça-feira, 17, os resultados dos estudos clínicos sobre Coronavac foram publicados pela revista científica Lancet Infectious Diseases. A publicação mostra que a vacina é segura e tem capacidade de produzir resposta imune no organismo 28 dias após sua aplicação em 97% dos casos.

A Coronavac é a vacina em desenvolvimento pela parceria entre o Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac Life Science.

A publicação na Lancet conta com a revisão de diversos cientistas e soma mais um passo importante para o desenvolvimento da vacina, que está em fase 3 de testes em diversas regiões do Brasil desde julho deste ano.

Os dados também mostraram que as reações adversas foram leves e nenhum efeito adverso sério relacionado à vacina foi identificado. A reação mais comum foi dor no local da aplicação. A taxa de soroconversão entre os voluntários que receberam a vacina, ou seja, produção de anticorpos, ficou acima dos 90%.

Os detalhes da publicação podem ser conferidos no próprio site da Lancet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.