Coreia do Norte acusa Estados Unidos de invasão e ameaça responder com ataque nuclear

Depois que o governo americano enviou bombardeios para a região do Pacífico, ditador Kim Jong-un afirmou que pode dar um “golpe implacável”

Acusando os Estados Unidos da América de tentarem insistentemente invadir seu território, a Coreia do Norte informou, por meio da Agência Telegráfica Central da Coreia, que pode responder com ataque nuclear. A ameaça foi feita depois que os EUA enviaram três bombardeios B-2, que podem carregar armas nucleares, para a região do Pacífico.

No comunicado divulgado, o governo do país afirma que “A tentativa dos Estados Unidos de invadir a Coreia do Norte se torna cada vez mais irracional” e ameaça: “O direito a um ataque nuclear preventivo não é monopólio dos Estados Unidos”.

Segundo o governo coreano, a orientação era de responder a qualquer ataque mas que, agora, passa a ser de ataque preventivo. O objetivo, afirmam, seria “Vencer a histeria militar absurda do inimigo”. “Todas as unidades operacionais estão prontas para efetuar um golpe implacável contra o inimigo em caso de ele perpetrar a mínima provocação”, sentenciam.

Durante esta semana, a Coreia do Sul, que vive em clima de guerra com o vizinho, anunciou que iria aumentar seu arsenal de mísseis para se preparar contra a ameaça do poderio militar do regime de Kim Jong-un. Na ocasião, as fontes de defesa de Seul afirmaram que a estimativa é que o ditador coreano possua pelo menos mil mísseis para lançamento simultâneo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.