Coordenador do projeto diz que BRT Norte-Sul deve ser entregue em novembro de 2016

Ubirajara Abud afirmou que prazo será de 20 meses a partir desta quinta-feira (19/3) e obra deve ficar pronta ainda na gestão Paulo Garcia

Abud destaca números do BRT Norte-Sul | Foto: Marcos Nunes Carreiro / Jornal Opção

Abud destaca números do BRT Norte-Sul | Foto: Marcos Nunes Carreiro / Jornal Opção

Alexandre Parrode e Marcos Nunes Carreiro

O coordenador do projeto do BRT, Ubirajara Abud, reafirmou nesta quinta-feira (19/3) que as obras devem ficar prontas em até 20 meses.

Direto do evento de lançamento do BRT Norte-Sul, na sede da Prefeitura de Goiânia, Abud concedeu coletiva à imprensa, quando destacou a importância da obra que, segundo ele, deverá atender a 120 mil passageiros por dia já a partir de novembro de 2016. Quando a perspectiva é indireta, os números subiriam para 140 bairros atendidos e 500 mil pessoas afetadas.

“É um transporte de muito maior qualidade, conforto, pontualidade, regularidade, e que contará com ar-condicionado. Haverá redução de 50% do tempo do trajeto, sendo que a velocidade passará de 14 para 30 km/hora”, explicou ele.

O sistema deverá ser parecido com o do metrô e terá integração dos semáforos — que darão preferência aos ônibus.

Abud garantiu que a determinação do prefeito Paulo Garcia (PT) é que a obra seja feita no tempo exato do projeto. Além disso, serão “poucas” as áreas que sofrerão desapropriação. “Dentro de 30 dias já estaremos com os recursos garantidos para a desapropriação”, revelou.

Um ponto polêmico no projeto é a Praça dos Bandeirantes que, com o projeto do VLT do governo estadual parado, não será possível fazer projetos para o local. “Estamos aguardando o posicionamento do Estado”, arrematou.

 

Deixe um comentário