Consumidor que pesquisar preços em Goiânia pode levar até sete litros a mais de gasolina

Tanque de 50 litros cheio de gasolina comum pode custar de R$ 139 a R$ 160 dependendo do estabelecimento

Conforme pesquisa realizada pelo Procon Goiás em 80 postos de combustíveis de Goiânia entre os dias 18 e 21 últimos, o motorista que pesquisar preços na capital pode economizar até sete litros de gasolina ou 14 de etanol para encher o tanque de capacidade de 50 litros. Três desses estabelecimentos foram notificados a apresentarem justificativas para aumento no valor do etanol na ordem de quase 10%.

Segundo os dados divulgados nesta terça-feira (22/7) pelo Procon Goiás, o menor preço verificado para o litro de etanol foi de R$ 1,69, no Posto AM (Jardim Helvécia); enquanto o litro mais caro, de R$ 2,19, foi verificado no Auto Posto Astro da Mutirão, no Posto 2000 Ltda e em outros (variação de 29,59% ). A gasolina comum mais barata (R$ 2,78) ao consumidor goianiense pôde ser adquirida no Posto Carrefour da Avenida Goiás e a mais cara (R$ 3,20) no Posto Farol –– alta de 15,11% ; sendo que a gasolina aditivada com menor preço era vendida a R$ 2,85 no Auto Posto Classe A e pesou mais no bolso do consumidor que abasteceu no Posto Chafariz, onde o litro saiu a R$ 3,39 –– variação de 18,95%. Foi de 24,23% a variação nos preços de diesel praticados em Goiânia, com o litro saindo a R$ 2,27 (Auto posto Classe A) e a R$ 2,82 (Posto Chafariz). Confira AQUI todos os estabelecimentos pesquisados.

Um exemplo claro da economia (ou do prejuízo) ao consumidor que abasteceu nesses postos é o de um proprietário de um veículo flex com capacidade de 50 litros. Se escolher abastecer com gasolina comum no posto que praticou o menor preço –– litro a R$ 2,78 ––, ele gastará R$ 139,00, enquanto se acabar abastecendo em um dos estabelecimentos que praticaram valor aproximado a R$ 3,20, gastaria R$ 21,00 a mais, ou seja, R$ 160,00. Com R$ 21,00 seria possível comprar mais sete litros de gasolina no posto mais em conta. Caso opte por etanol para um carro nas mesmas condições do exemplo anterior, a economia pode chegar a R$ 25,00: o tanque cheio no posto mais barato sai a R$ 84,50 e no mais caro custa R$ 109,50. Com R$ 25,00 é possível comprar 14 litros a mais de etanol. Confira AQUI tabela completa de variações.

O Procon Goiás alerta que nenhum órgão estadual possui atribuições de tabelar ou controlar preços de combustíveis automotivos, vigorando no Estado a livre concorrência. Resta ao consumidor pesquisar preços, o que acaba por pressionar estabelecimentos mais caros a readequarem seus valores.

Com este levantamento, o órgão de defesa do consumidor objetivou avaliar quais os parâmetros os proprietários de estabelecimentos buscaram na hora de reajustar o preço com base nas informações obtidas em pesquisa anterior, realizada em maio.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.