Conselho de Engenharia flagra irregularidades no Villa Mix e autua festival

Organização do evento não teria apresentado projetos elétrico e estrutural, além de ter sido falha na utilização de equipamentos de proteção individual

Vista aérea do festival de 2015 | Reprodução

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-GO) anunciou nesta quinta-feira (29/6) que encontrou irregularidades no festival Villa Mix, que ocorre neste final de semana no estacionamento do Estádio Serra Dourada, em Goiânia, com expectativa de público de 120 mil pessoas.

O órgão realizou vistoria no local na última terça-feira (27) com o objetivo de verificar a participação de profissionais e empresas de engenharia na montagem de estruturas para a realização do evento.

A equipe de fiscalização constatou algumas irregularidades, como a não apresentação dos projetos elétrico e estrutural e falha na utilização de equipamentos de proteção individual (EPI) e coletiva (EPC).

Os agentes fiscais do Conselho também identificaram que a empresa contratada como responsável por gerir a montagem de toda a estrutura do festival está irregular perante o Crea desde 1º de janeiro de 2017, tendo sido, por isso, autuada pela fiscalização.

Os responsáveis foram notificados para adequação imediata. Caso as medidas solicitadas pelo Crea não sejam atendidas, o Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) e a Prefeitura de Goiânia serão acionados para que as medidas cabíveis sejam tomadas.

Deixe um comentário