Conheça o tratamento estético que promete deixar sua pele bonita antes do carnaval

Aparelho estimula a produção de colágeno e deixa a pele com aspecto renovado

Contagem regressiva para o Carnaval, que este ano será logo no início de março. Com a proximidade da data, aumenta a busca por aqueles que querem curtir o feriadão em forma. Nesse período, o rosto e corpo ficam mais expostos, muitas pessoas viajam e também caem na folia. Para combater a flacidez e comemorar à vontade a dica é apostar em procedimentos estéticos eficientes e com bons resultados e que sejam menos invasivos.

Este é o caso do Ultraskin, um aparelho com a tecnologia conhecida de ultrassom micro e macrofocado e que não utiliza materiais injetáveis.
Segundo a médica dermatologista, Paula Azevedo Costa, o aparelho atinge camadas profundas da pele e faz pontos de coagulação. Quando cada um desses pontos se regeneram, estimulam a produção de colágeno e deixam a região com aspecto renovado.

“O tratamento proporciona um efeito de lifting facial de forma não-invasiva e não-cirúrgica. A tecnologia utiliza o calor para promover a melhora da flacidez. As ondas do ultrassom conseguem atingir e aquecer as camadas mais profundas da pele, e assim, a concentrção do colágeno começa a ocorrer. O Ultraskin consegue mapear toda a estrutura da pele e, depois, inicia o tratamento nos pontos necessários”, explica a dermatologista.

Indicações

Sua principal indicação é a flacidez de leve a moderada, facial ou corporal, em pessoas que não queiram realizar o lifting cirúrgico e também para gordura localizada. No rosto, em muitos casos o efeito lifting pode ser notado imediatamente após o tratamento por causa das contrações das fibras elásticas que promovem melhora considerável do contorno do rosto e da papada.

Os resultados ficam ainda mais visíveis quando observados entre 60 e 90 dias após a realização do procedimento. “Em uma sessão é possível atingir aproximadamente 17 mil pontos de coagulação que tratam de uma vez só rosto e pescoço. Isso significa milhares de estímulos de colágeno, ou seja, é como se fizéssemos uma costura interna nos tecidos”, explica a médica.

Como o Ultraskin também é indicado para regiões corporais, pode ser feito na barriga, nas coxas, no bumbum e até nos joelhos. Nessas áreas ele vai agir da mesma forma, remodelando o contorno dos locais tratados e sendo possível melhorar até a gordura localizada.

Além de resultados rápidos e eficientes, o uso do aparelho de ultrassom micro e macrofocado, promove um efeito mais natural porque estimular a produção de colágeno e não há injeção de nenhum produto na pele. O procedimento deve ser realizado por médicos dermatologistas que vão avaliar o paciente e identificar a indicação de uso do aparelho pelo grau de flacidez e gordura localizada. Em alguns casos, outros tratamentos podem ser combinados para melhorar o resultado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.