Conheça celebridades e influenciadores que podem ser candidatos em Goiás

Lista inclui famosos com áreas de atuação variadas e apostas nas redes sociais como estratégia de conversão de votos

Em ano de eleição, figuras conhecidas nas mais diversas áreas do entretenimento apostam na fama para angariar votos em disputas para ocupar cargos políticos, especialmente no legislativo. Famosos e subcelebridades do esporte, da música, de veículos de imprensa e, hoje em dia, até mesmo da influência nas redes sociais.

Em Goiás, as listas de pré-candidatos já incluem vários nomes na corrida pelo legislativo, tanto na esfera estadual, como federal. Recentemente, a lista ganhou corpo com o anúncio da candidatura de um goiano à presidência da República, na disputa contra nomes já consagrados, como os do presidente Jair Bolsonaro, do ex-presidente Lula da Silva e do ex-ministro Ciro Gomes.

1
Wellington Camargo (PSDB)

O ex-deputado estadual Wellington Camargo, irmão dos sertanejos Zezé di Camargo e Luciano, retorna a Goiás, ao PSDB e à disputa eleitoral, em busca de uma cadeira na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). Ele já foi eleito em 2002, com 23.249 votos, mas acabou perdendo a reeleição, com 13.645 votos, no ano de 2006.

2
Glauce Rodrigues de Godoi Camargo (PSDB)

Além de Wellington, a família Camargo também contará com Glauce Rodrigues de Godoi Camargo (PSDB) na disputa eleitoral. A pré-candidata à Alego é cunhada do parceiro de partido, casada com o empresário Emmanoel Camargo, outro irmão da dupla Zezé di Camargo e Luciano.

3
Sheilismar Ribeiro (PRTB)

A jornalista é uma das vozes mais respeitadas da imprensa em Porangatu e pode ser campeã de votos no município. Antes integrante do MDB, trocou de partido para viabilizar a candidatura à deputada estadual.

4
Matheus Ribeiro (PSDB)

Também jornalista, o ex-TV Record e ex-TV Anhanguera, é recém filiado ao PSDB e deve concorrer a uma das 17 cadeiras disponíveis para a Câmara Federal. Após flerte com algumas legendas, Matheus Ribeiro decidiu pelo PSDB após conversar com o presidente do Diretório Regional do partido, Marconi Perillo, que lhe garantiu liberdade para ir às urnas no pleito de 2022.

5
Marcela Araújo Pimenta (PSDB)

Natural de Anápolis, Marcela Pimenta é médica de família e comunidade, com muita presença nas redes sociais, especialmente no Instagram. Caso consiga converter engajamento em força eleitoral, pode surpreender na disputa por uma cadeira de deputada estadual.

6
Bill Guerra Mochilink (Solidariedade)

O repórter cinematográfico Bill Guerra, mais conhecido pelo apelido Mochilink, ficou famoso por dar notícias de Goiânia e do Estado em sua página no Instagram, onde já tem quase 330 mil seguidores. Além da atuação no jornalismo comunitário, atualmente é suplente da Câmara Municipal de Goiânia. Nas eleições de 2020, o político disputou uma vaga de vereador e recebeu 4.421 votos, mas agora quer alçar voos mais altos e ruma à Câmara Federal.

7
Pablo Marçal (Pros)

O goiano Pablo Marçal é o único da lista deve disputar um dos cargos no executivo, e não no legislativo. Não só isso, como pretende concorrer à presidência, ao lado de pesos-pesados como Lula e Bolsonaro, líderes nas pesquisas. Marçal atua como coach e defende o método “IP”, que supostamente permitiria desbloqueios cerebrais. Ele soma mais de 2 milhões de seguidores no Instagram e, no começo do ano, chamou a atenção após conduzir um grupo por trilha no interior de São Paulo e precisar de resgate do Corpo de Bombeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.