Além da cantora, outras quatro pessoas morreram; informação foi confirmada pela assessoria de Marília

Cantora estava indo para um show em Caratinga, interior de Minas Gerais

Foi confirmada a morte da cantora Marília Mendonça, de 26 anos, nesta quinta-feira, 5, após queda de avião em cachoeira na Serra da Piedade, em Minas Gerais. A aeronave era utilizado pela cantora Marília Mendonça e sua equipe. No avião estavam ela, seu assessor, produtor, o piloto e o co-piloto, que também foram a óbito.

O acidente aconteceu por volta das 16 horas. O Corpo de Bombeiros recebeu a chamada por volta das 15 horas, para atender a ocorrência de queda de aeronave em Piedade de Caratinga em curso d´água próximo ao acesso pela BR-474. O helicóptero decolou do Aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte, para atender a ocorrência.

Segundo informações, a aeronave é um bimotor Beech Aircraft, da PEC Táxi Aéreo, de Goiás, prefixo PT-ONJ, com capacidade para seis passageiros. Segundo a Anac, o avião está em situação regular e tinha autorização para fazer táxi aéreo.

A cantora estava indo para um show em Caratinga. Ante de embarcar fez um vídeo em que aparece entrando no avião.

Confira na integra nota emitida pela assessoria da cantora:

“Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e co-piloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento.

O avião decolou de Goiânia com destino a Caratinga/MG, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos.”