Na noite de sábado, 21, Glover Teixeira lutou contra Jamahal Hill. Na verdade, o brasileiro foi “atropelado” pelo americano e saiu muito machucado, o que certamente o levou a informar que está se aposentando. Ele alegou que percebeu que o rival era mais rápido e ele, mais lento, não conseguia reagir.

Mas o que chocou as pessoas foram as imagens de Glover Teixeira num hospital do Rio de Janeiro. Vendo o rosto de Glover Teixeira, pode-se concluir que houve, não uma luta, e sim um massacre. As imagens são espantosas.

Só resta concluir: Glover Teixeira precisa se aposentar mesmo. Urgente. Deve virar fazendeiro, técnico ou dono de academia.

Jamahal Hill ataca Glover Teixeira: luta foi um monólogo | Foto: Reprodução

O empresário de Glover Teixeira, Jorge “Joinha” Guimarães, disse: “Há uma pequena lesão no nariz, mas ele vai verificar quando voltar para Connecticut, mas fora isso ele está ótimo. Ele ficou (no hospital) por algum tempo, mas o tratamento lá foi incrível”. As fotos sinalizam outra coisa: Glover Teixeira deixou a impressão de que havia participado de uma guerra. Jamahal Hill, por seu turno, parecia ter aço nas mãos, tal a força de seus golpes.

Glover tem 43 anos. Jamahal Hill tem 31 anos. São 12 anos de diferença.