Confira os principais destaques das edições do Jornal Opção deste ano de 2014

Mais que fatos emblemáticos, noticiamos fatos históricos e pautamos o debate sobre questões da sociedade. Há 39 anos levamos informação de altíssima qualidade

O Jornal Opção, com sede em Goiânia, leva informação analítica de qualidade e pauta debates sociais há 39 anos não apenas para Goiás, mas para leitores de todo o mundo.  Este ano que se finda é histórico para o semanário e para todos seus colaboradores — no dia 25 de abril lançamos um moderno e avançado portal para a internet, com um layout que aumentou a visibilidade das notícias diárias, reportagens especiais e artigos. Os dados comprovam: nos últimos 7 meses atingimos mais de 10 milhões de leitores, uma média diária que equivale a 50 mil internautas conectados em um jornal cada vez mais universal, atual e, ao mesmo tempo, próximo do leitor.

Foram incontáveis vitórias. Neste mês de dezembro, por exemplo, o caderno Opção Cultural, que abrange 8 páginas do jornal, divulga e promove o setor, foi o homenageado da vez. O governador reeleito Marconi Perillo (PSDB) entregou uma placa ao Jornal Opção por ter o “único suplemento, de fato, cultural no Estado”.

Além disso, diversos fatos do ano marcaram a cobertura do Jornal Opção. Dentre eles, podemos citar os seguintes: o período que antecedeu e sucedeu as eleições de 2014 — as articulações, os desvios na Petrobras, as pré-campanhas, a morte do presidenciável Eduardo Campos (PSB), a ascensão e a queda da candidata Marina Silva (PSB-REDE) na disputa para o Palácio do Planalto, a campanha eleitoral de Goiás, os governadoriáveis, e a vitória acirrada de Dilma Rousseff (PT) sobre Aécio Neves (PSDB).

Selecionamos os principais destaques do semanário em 2014: 

Pedro Alves, da Fieg, e Helenir Queiroz, da Acieg: redução do custo Brasil é uma das soluções para o País | Fotos: Fernando Leite/Jornal Opção

Pedro Alves e Helenir Queiroz afirmaram que a redução de custos era uma das soluções para o País | Fotos: Fernando Leite/Jornal Opção

Na Edição 2019 de 16 a 22 de março ouvimos empresários do setor da indústria, do comércio, de serviços e da construção civil, assim como do agronegócio, sobre o que não poderia faltar em um plano de governo dos futuros eleitos. As respostas foram todas semelhantes, sempre girando em torno dos temas mais comuns, como infraestrutura — energia, sobretudo em se tratando de Goiás —, investimentos e diminuição da carga tributária.

marcos_capa

Problema de Saúde: dependência química | Foto: Divulgação

No destaque da capa da Edição 2023 de 13 a 19 de abril, além das questões políticas, debatemos sobre a importância das comunidades terapêuticas no auxílio da recuperação de dependentes químicos — problemática cada vez mais freqüente e atual. Mostramos que os locais de acolhimento, geralmente dirigidos por iniciativas privadas ou igrejas, apontam para a possibilidade de reintegrar tais indivíduos à sociedade.

alcides

Ex-governador Alcides Rodrigues | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

Na Edição 2028 de de 18 a 24 de maio de 2014 noticiamos que o Balanço Geral do Estado referente ao exercício do ano de 2010 ainda não havia sido julgado pelo Palácio Alfredo Nasser. E que, além disso, um Relatório do TCE apontava várias irregularidades e manifestava parecer recomendando a rejeição das contas de Alcides Rodrigues. E ainda mostramos que deputados da base governista estariam travando a pauta que decidiria o destino político do ex-governador.

Segundo economistas, empresários e população brasileira precisarão fazer contas no ano que vem | Foto: Fox Tercia imobiliaria

Segundo economistas, empresários e população brasileira precisarão fazer contas no ano que vem | Foto: Fox Tercia

No destaque da capa da Edição 2032 de 15 a 21 de junho de 2014 prevemos que o ano que se aproxima será de reajustes para a economia brasileira. Economistas entrevistados apontaram para um momento ruim em 2015. Assim, conforme informou a edição, quem venceu as eleições de outubro deste ano precisará iniciar reformas severas para conter a crise prevista. Recentemente, podemos observar a reforma administrativa proposta por Marconi Perillo (PSDB) que veio para mudar o patamar da gestão e enxugar a máquina pública.

Foto:  Fernando Leite/Jornal Opção

José Eliton | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Em destaque na capa da Edição 2038 de 27 de julho a 2 de agosto de 2014 trouxemos uma entrevista com o vice-governador e então candidato à reeleição José Eliton (PP). Na ocasião, o pepista afirmou que o Marconi Perillo vivia no século 21, enquanto Iris Rezende (PMDB) vivia “no século passado”. José Eliton criticou o peemedebista, rebatendo declarações de Iris, como a de que iria resolver o problema da segurança pública no primeiro dia de governo.

Mesmo com policiamento ostensivo nas ruas, a criminalidade tem aumentado em Goiás Foto: Milton Cury

Mesmo com policiamento ostensivo nas ruas, a criminalidade aumentou em Goiás |
Foto: Milton Cury

Em pleno período eleitoral, a Edição 2040 de de 10 a 16 de agosto de 2014 destacou a informação de que a mortes de mulheres em Goiânia pelo até então suposto serial killer (Tiago Henrique Gomes da Rocha, 26 anos),  trouxe o foco das campanhas para a segurança pública. Como em todo o Brasil, depois da saúde a área é o que mais preocupava e ainda preocupa o eleitorado goiano é a violência urbana.

Governador Marconi Perillo: nunca perdeu uma eleição desde que se elegeu deputado estadual, em 1990 | Fernando Leite/Jornal Opção

Governador Marconi Perillo: nunca perdeu uma eleição desde que se elegeu deputado estadual, em 1990 | Fernando Leite/Jornal Opção

 

Na Edição 2048 de 5 a 11 de outubro de 2014, lançada justamente no dia do primeiro turno, trouxemos um editorial sóbrio escrito pelo diretor-editor chefe do jornal, Euler de França Belém, afirmando que o sucesso da campanha de Marconi Perillo (PSDB) adveio da fusão da “gestão e política”. O texto explicava que a oposição não conseguia compreender o fenômeno Marconi, “optando por análises perfunctórias e ideologizadas de sua trajetória, e por isso tendiam a serem derrotadas”.

Jayme Rincón

Jayme Rincón | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

Na capa da Edição  2052 de de 2 a 8 de novembro de 2014, o Jornal Opção trouxe a chamada para um entrevista exclusiva com o Presidente da Agetop, Jayme Rincón, onde ele afirmou que o “O PSDB não vai abrir mão de disputar a Prefeitura de Goiânia em 2016” — que atualmente é comandada pela gestão desastrosa de Paulo Garcia (PT). Na ocasião, Jayme salientou também que há uma intensa agenda de inauguração de obras para o primeiro semestre de 2015.

heliotelho1(1)

Entrevista com Hélio Telho atingiu mais de meio milhão de acessos | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

Talvez uma das capas mais emblemáticas e que mais marcaram a história do Jornal Opção esteja na Edição 2058 de 14 a 20 de dezembro de 2014, quando o semanário trouxe um entrevista que repercutiu em todo o País. Segundo o procurador “mais temido” de Goiás, Hélio Telho, nós vamos ter “um escândalo de corrupção ainda maior do que o da Petrobrás”. Segundo ele, será no BNDES. Além disso, o procurador afirmou que “não estamos dando conta de defender a República dos ratos que estão corroendo suas estruturas”

Deixe um comentário