Complexo industrial traz investimentos de R$ 78 milhões em Acreúna

Construção de uma usina fotovoltaica e duas fábricas no município vai assegurar geração de 1.400 empregos na cidade

Empresários com equipe da SIC na visita ao local onde será construído o complexo industrial em Acreúna | Foto: Divulgação

Acreúna vai receber a construção de duas indústrias e uma usina fotovoltaica. O projeto, que prevê o investimento de R$ 78 milhões e a geração de 1.400 empregos, foi viabilizado por meio de parceria entre Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Serviços (SIC), o Complexo Industrial Holder e a Prefeitura de Acreúna.

“Nossa atenção hoje é exatamente gerar empregos e tenho dito isso aos meus secretários. A função do Estado é poder cuidar para que toda nossa população se sinta confortável em Goiás”, destaca o governador Ronaldo Caiado.

O secretário Adonídio Neto, titular da SIC, ressalta que o investimento faz parte do projeto do governo para estimular a industrialização nos municípios que ainda não receberam nenhum tipo de benefício. “Nossa meta é regionalizar o desenvolvimento. Temos feito isso olhando para todo o Estado, especialmente o Norte e Nordeste, além do Entorno do Distrito Federal”, pontua. “Mas isso não exclui a região Sudoeste ou de Acreúna, município que reassumirá seu protagonismo econômico e político com essa decisão do prefeito Edmar Neto de fazer a parceria para doação da área para instalação da empresa.”

Um projeto social também está na mira da Holder. A inciativa vai envolver 250 famílias com a produção de hortaliças para comercialização na Centrais de Abastecimento de Goiás (Ceasa), em Goiânia. “A empresa pretende atuar em duas frentes: a do emprego e geração de renda para o município e nesse bonito projeto social que vai melhorar a qualidade de vida das pessoas com essa ação social”, pontua Paulo Aguiar, subsecretário de Atração de Investimentos da SIC.

Os investimentos serão realizados imediatamente com previsão de finalizar as obras ainda em 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.