Comissão Externa de Enfrentamento à Covid promove debate sobre a ‘síndrome da gaiola’

Evento será realizado nesta quinta-feira, 17, às 10h, comandado pelo deputado federal Zacharias Calil (DEM-GO) e com a presença de psiquiatras especializados em infância e adolescência

Site da Câmara dos Deputados, portal de audiências interativas | Foto: Captura de tela

Audiência para debate sobre a síndrome da gaiola será realizada, nesta quinta-feira, 17, a partir das dez horas da manhã, na Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19. A referida síndrome fala sobre o medo de sair de casa, devido à pandemia. Para ter acesso ao evento, basta acessar o site da Câmara dos Deputados. O evento será comandado pelo deputado federal Zacharias Calil (DEM-GO) e contará com a presença de psiquiatras e outros profissionais especializados em infância e adolescência.

A “síndrome da gaiola”, portanto, se trata de uma analogia ao comportamento de aves que crescem em cativeiro e que, quando a gaiola é aberta e elas têm a oportunidade de voar, acabam continuando dentro.

Para o deputado, o afastamento da vida social e da convivência com amigos limita outros aprendizados fundamentais na formação de valores e ressalta a importância de cuidados com a saúde mental dos adolescentes neste momento. “A pandemia vem atingindo fortemente o comportamento dos jovens no Brasil. Estudos apontam que muitos adolescentes não querem voltar para as aulas presenciais. Isso preocupa pais e especialistas”, afirma Calil.

Estarão presentes no evento, os psiquiatras Gabriel Lopes, da Associação Brasileira de Psiquiatria, Guilherme Polanczyk, da Universidade de São Paulo (USP), a professora e psicanalista Ângela Mathylde Soares e a psicopedagoga e fonoaudióloga Bianca Teixeira Rocha. Também estarão presentes a psiquiatra Gabriela Judith Crenzel, da Sociedade Brasileira de Pediatria, a presidente da seção Goiás da Associação Brasileira de Psicopedagogia, Dra. Maria do Carmo Ribeiro Abreu, o psiquiatra e presidente da Associação Brasileira de Medicina Psicossomática (ABMP), Dr. Wilmer Bottura e o secretário de Desenvolvimento Social de Goiás Wellington Matos de Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.