Comissão do Senado aprova uso obrigatório de farol baixo nas rodovias durante o dia

Projeto de lei ainda deve passar pelo plenário e, se aprovada, promete evitar acidentes nas rodovias de todo país

Se aprovado o projeto de lei, o uso de farol baixo nas rodovias será obrigatório até mesmo durante o dia | Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Se aprovado o projeto de lei, o uso de farol baixo nas rodovias será obrigatório até mesmo durante o dia | Foto: Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas

Foi aprovada pela Comissão de Constituição Justiça e Cidadania (CCJ) na última quarta-feira (24/2), um Projeto de Lei da Câmara (PLC) 156/2015 que torna obrigatório o uso de farol baixo em todas as rodovias do país, mesmo durante o dia. A matéria segue para votação em plenário

Já existe uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Conatran) que recomenda o uso do farol baixo em estradas durante o dia, mas o entendimento é que apenas uma norma com força de lei levaria os motoristas a adotarem a medida. A justificativa do projeto é de que a pouca visibilidade é uma das principais causas de acidentes.

Para o relator do projeto, senador José Medeiros (PPS-MT), a proposta merece ser aprovada pois “trata-se da imposição de um procedimento bastante simples e de baixo custo que poderá aumentar a segurança nas estradas e assim contribuir para a redução da ocorrência de acidentes frontais nas rodovias e, consequentemente, salvar inúmeras vidas.” (Com informações Agência Senado)

Uma resposta para “Comissão do Senado aprova uso obrigatório de farol baixo nas rodovias durante o dia”

  1. Avatar NoMeansNo disse:

    Eu teria um projeto mais interessante: deixar PELO MENOS a estrada onde se paga pedágio sem buraco. Em minha humilde opinião isso contribuiria enormemente para evitar acidentes. É bem estranho pagar pedágio e rodar numa estrada com buracos e com trechos onde paredes de túneis desabam, não?!?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.