Comissão aprova requerimento para interdição total da Marginal Botafogo

Pedido de autoria da vereadora Sabrina Garcêz (PMB) vai para análise do prefeito Iris Rezende (MDB)

A comissão de Obras e Patrimônios da Câmara Municipal de Goiânia aprovou na manhã desta terça-feira (13/3) requerimento da vereadora Sabrina Garcêz (PMB) para que a prefeitura interdite totalmente o tráfego na Marginal Botafogo enquanto não forem realizadas as obras de recuperação da via.

Segundo o presidente do colegiado, vereador Elias Vaz (PSB), com a aprovação, o requerimento será encaminhado diretamente ao prefeito Iris Rezende (MDB), que pode ou não acatar o pedido.

O documento apresentado pela vereadora pede a interdição integral do trecho da Marginal Botafogo, entre a avenida Independência e o Cepal do setor Sul.

Após audiência pública realizada na última quarta-feira (7), com a presença de especialistas, representantes do Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Goiás (CAU-GO), Conselho Regional de Engenharias e Agronomia (Crea-GO), bem como técnicos da própria gestão municipal, Sabrina Garcêz concluiu que a situação está insustentável.

“Não há um planejamento urbano, de mobilidade, que consiga resolver essas interdições semanais, é tudo feito de forma emergencial. Justamente por isso, estamos pedindo que a Marginal Botafogo seja completamente interditada, que a SMT apresente um plano para resolver o caos no trânsito que tem se intensificado até que toda a reforma seja feita”, defendeu.

Além da autora do requerimento, votaram a favor Priscilla Tejota (PSD), Sargento Novandir (Podemos) e Jair Diamantino (PSDC). Os vereadores Zander Fábio (PEN) e Tiãozinho Porto (PROS) se manifestaram contra a interdição total.

Obras

Atualmente, a via passa por uma série de intervenções para recuperação de trechos que desabaram por conta das fortes chuvas dos últimos meses. No total, serão 15 obras de recuperação em pontos específicos da marginal em um período de 90 dias.

Para manter a pista aberta, a prefeitura estipulou um diminuição na velocidade máxima permitida e proibiu o tráfego de veículos pesados. O secretário municipal de Trânsito, Fernando Santana, disse em entrevista ainda na semana passada que a prefeitura não pretende fechar a via completamente.

Deixe um comentário