Comissão aprova parcelamento de multas de trânsito e pagamento com cartão

CCJ também deu parecer favorável a projeto que converte multas de trânsito por infrações leves e médias em advertência por escrito

Vereadora Tatiana Lemos, do PMB | Câmara de Goiânia

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou, na reunião desta quarta-feira (4/4), projeto de autoria da vereadora Tatiana Lemos (PCdoB), autorizando, por parte da Prefeitura de Goiânia, o parcelamento de multas de trânsito e o pagamento por meio de cartões de débito e crédito.

Tatiana destacou que a medida visa facilitar a vida do contribuinte goianiense, além de auxiliar indiretamente na arrecadação do município.

Também de autoria de Tatiana Lemos, foi aprovado projeto que converte multas de trânsito por infrações leves e médias em advertência por escrito, desde que o condutor não tenha recebido multas graves ou gravíssimas nos últimos dois anos, nem tenha tido sua carteira apreendida nos últimos cinco anos.

De acordo com a vereadora, trata-se apenas da regulamentação da Lei Federal no município. “O bom condutor merece credibilidade”, afirma Tatiana.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.