Comerciantes da Rua do Lazer sofrem impactos após primeira semana de revitalização

Previsão é que obras durem três meses e investimento é estimado em R$ 300 mil

Comerciantes da Rua do Lazer sofrem impactos após primeira semana de revitalização
Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Há uma movimentação incomum na Rua do Lazer, em Goiânia. A Rua 8, do Centro, onde antes circulavam apenas pedestres, agora está cheia de caminhões e tratores. O motivo é a revitalização do lugar que é considerado um dos mais charmosos da Capital.

A via, que fica entre a Avenida Anhanguera e a Rua 3, foi fechada para o trânsito de veículos em 1977. No local, existem vários comércios que estão enfrentando dificuldades em virtude das obras. A revitalização teve início no dia 15 de abril, e a previsão é que dure três meses.

Graciene de Oliveira trabalha em uma lanchonete da Rua do Lazer, e conta que o movimento de clientes diminuiu após o início das obras, mas que espera que o transtorno seja temporário e traga melhorias no fim: “A esperança que a gente tem é que venha a melhora, que aumente o fluxo de pessoas e vire um ponto de turismo, aonde o pessoal venha para curtir um lazer”.

Comerciantes da Rua do Lazer sofrem impactos após primeira semana de revitalização
Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Já Rejane dos Santos atende em um salão de beleza na Rua 8. Segundo ela, o movimento caiu bastante e o tempo previsto para a conclusão da obra trará um impacto financeiro negativo aos comerciantes locais. Sobre a convivência com as obras, ela afirmou: “Muito barulho e muita poeira. É um transtorno, mas esperamos que seja uma mudança positiva, porque a rua estava abandonada”.

Comerciantes da Rua do Lazer sofrem impactos após primeira semana de revitalização
Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Acessibilidade

Uma loja especializada em chocolates não sofreu tanto com a diminuição de clientes, isso, porque, segundo a proprietária, Gilene Araújo, estava no período de páscoa. Entretanto agora ela está receosa: “Quando começarem a quebrar a calçada vai impactar no movimento, as pessoas não vão querer sair na terra para vir comprar. Além disso, eu tenho um público de idosos muito grande aqui do Centro. Vai dificultar para eles acessarem a loja”.

Comerciantes da Rua do Lazer sofrem impactos após primeira semana de revitalização
Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Gilene disse, ainda, ao Jornal Opção, que o projeto inicial sofreu modificações, já que a infraestrutura não estava de acordo com as necessidades dos comerciantes, como segurança, estacionamento, bancos e banheiros. “Eu estou esperançosa, apesar da crise”, concluiu.

É um consenso entre os comerciantes da Rua do Lazer que as obras de revitalização estão trazendo transtornos em termos de barulho e sujeira, além disso, existe o impacto financeiro que estão sofrendo. Apesar disso, esperam que a conclusão da obra seja benéfica para todos, e o mais importante, que a Prefeitura cumpra o prazo estabelecido, para que possam voltar à rotina normal.

Comerciantes da Rua do Lazer sofrem impactos após primeira semana de revitalização
Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.