Começa a reforma do Estádio Annibal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia

“Temos sonhado com isso há muitos anos”, afirmou o prefeito Gustavo Mendanha

Foto: Reprodução

Foi apresentado nesta segunda-feira, 29, o projeto de reforma do Estádio Annibal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia. O prefeito Gustavo Mendanha (MDB) e o secretário municipal de Esporte, Lazer & Juventudes, Geferson Aragão, falaram sobre as intervenções que serão realizadas e as expectativas após a reforma.

“Vamos preparar o estádio para receber melhor as pessoas, a imprensa, e com certeza vai ser o palco de grandes jogos, a partir do ano que vem”, afirmou o prefeito. Ele conta, ainda, que há muitos anos, o estádio necessitava dessa reforma: “Nós tivemos a oportunidade de vencer Botafogo, Ponte Preta, então realmente é um lugar que marca a história do esporte aparecidense, e a partir de agora terá condições de receber grandes públicos, e dar conforto àqueles que vierem aqui”.

O projeto de reforma prevê intervenções como troca do gramado e de todo sistema de irrigação, troca do alambrado, construção de novas bilheterias, reforma dos vestiários dos times e da arbitragem, construção de três novas cabines e banheiros para profissionais de imprensa. Além disso, será implantado, dentro do estádio, uma base para a Polícia Militar e uma academia com sala de fisioterapia.

Foto: Reprodução

“Queremos receber melhor não só as pessoas que vêm de Aparecida, como de outros municípios. Queremos proporcionar lazer e entretenimento para as pessoas e estamos investindo muito nisso. Aparecida antes era uma cidade dormitório, hoje é uma cidade onde as pessoas moram, trabalham e se divertem”, pontuou Gustavo Mendanha.

E conclui: “Nós temos sonhado com isso há muitos anos, e a partir de agora nós temos condições de proporcionar isso àqueles que vêm assistir ao espetáculo e aqueles que jogam dentro do estádio”.

De acordo com o secretário de Esporte, Lazer & Juventude, Gerfeson Aragão, após a reforma o Annibal Batista de Toledo irá oferecer mais conforto e segurança para torcedores, jogadores, profissionais de imprensa e árbitros. “O gramado, por exemplo, que é a ‘cereja do bolo’ estará no nível do Serra Dourada e do Estádio Olímpico. Sofremos muitas críticas, mas com esta reforma teremos um estádio bem melhor”, afirmou.

O prazo estimado para a conclusão da obra é de 120 dias, conforme informou a prefeitura. Já o orçamento está previsto em R$ 1,2 milhões, com recursos oriundos do Ministério dos Esportes e de emenda parlamentar do ex-deputado federal Daniel Vilela.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.