Comando Militar inicia investigações sobre morte de homem que teve carro alvejado pelo Exército

Cerca de 80 disparos foram realizados contra o veículo. Não haviam pessoas armadas ou com antecedentes criminais dentro do carro

Foto: Divulgação

Por determinação do Comando Militar do Leste (CML), a Delegacia de Polícia Judiciária Militar deu início às investigações sobre os disparos realizados por militares do Exército contra um carro de passeio na tarde do último domingo, 7.

A guarnição, que fazia policiamento em Guadalupe, Zona Oeste do Rio de Janeiro, disparou contra o veículo — foram cerca de 80 disparos no total — que teria características suspeitas. Os tiros alvejaram o motorista que não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Outras duas pessoas ficaram feridas mas não correm risco de vida.

Todos os envolvidos serão ouvidos e as investigações serão supervisionadas pelo Ministério Público Militar. Segundo informações da Polícia Civil (PC) não haviam pessoas armadas ou com antecedentes criminais no veículo.

Em nota, o Comando Militar do Leste informou, na tarde do último domingo, que os militares dispararam contra o veículo após serem atacados por criminosos por volta das 14h40 do mesmo dia. A nota acrescenta ainda que os militares mataram um assaltante e feriram outro. Um pedestre também foi atingido.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.