Com vídeos, Kajuru mostra promessas não cumpridas e irrita Iris

Vereador mostrou prefeito fazendo compromissos não realizados e causou polêmica na Câmara

Iris presta contas durante sessão na Câmara | Foto: reprodução/ Prefeitura de Goiânia

Mesmo fora da capital durante a prestação de contas do prefeito na Câmara, o vereador Jorge Kajuru (PRP) não deixou de colocar Iris Rezende (MDB) em uma enorme saia-justa.

Por meio de vídeo exibido no telão do plenário, o parlamentar mostrou falas do decano prometendo fazer o instituto de diabéticos, transformar o transporte coletivo de Goiânia no melhor do Brasil até setembro de 2017 e regularizar o caos na saúde em 60 dias. Todas promessas, evidentemente, não cumpridas.

Líder do governo na Casa, Tiãozinho Porto (PROS) até tentou impedir que Iris respondesse as perguntas, alegando que Kajuru não estava presente (ele está em Brasília, em reunião com o ministro da Saúde, Ricardo Barros).

No entanto, o prefeito decidiu responder e garantiu que a secretária da Saúde, Fátima Mrué, se reuniu com o ministro Ricardo Barros, quando teria sido informada que não havia recurso nenhum para a unidade idealizada por Kajuru. Não obstante, Iris contou que “encontrou” um projeto da administração anterior, de uma instituição respeitada que tem interesse em construir e gerir um instituto de diabetes. “Entrei em contato com o vereador para podermos unir as propostas, mas ele não quis conversa”, contou.

Sobre o segundo vídeo, no qual aparece prometendo o melhor transporte público do Brasil até setembro de 2017, o prefeito questionou a data da entrevista. “Eu disse aquilo em 2004 e cumpri. Durante meus cinco anos o transporte foi ótimo”, garantiu.

Por fim, desconversou sobre a entrevista em que disse que normalizaria o atendimento da saúde em Goiânia em 60 dias.

Em uma questão de ordem, a vereadora Dra. Cristina (PSDB) desmentiu a secretária Fátima Mrué ao reafirmar que o ministro da Saúde se comprometeu sim a liberar os recursos. “Eu estive na reunião, que está gravada. Há uma informação equivocada que chegou ao senhor, prefeito. O governador Marconi Perillo inclusive disse que doaria um prédio para o instituto”, lembrou a tucana.

Irritado, Iris disse que nada havia se concretizado e não foi por “falta de ação” da prefeitura. “Cobrem do ministro, cobrem do ministro! Acho que a prefeitura está a merecer mais respeito”, respondeu.

Veja abaixo o vídeo exibido na Câmara:

Tréplica

Ao Jornal Opção, o vereador Jorge Kajuru (PRP) rebateu as explicações do prefeito e lembrou que está em Brasília justamente para acertar mais detalhes dos recursos que o Ministério da Saúde destinará para o Hospital do Diabético, que já está em funcionamento na capital.

“Iris é um mentiroso contumaz. Fátima Mrué nunca esteve com o ministro da Saúde, esteve com Fernando Machado, auxiliar do ministro. Mentiu vergonhosamente, como sempre faz. Mentiu, pois não tem nada de hospital do diabético naquela área de R$ 4 milhões que ele quer dar para seus médicos amigos, liderados por Nelson Rassi, seu médico há 20 anos. Lá seria um instituto de pesquisa de diabetes, que ficará pronto daqui a dez, 15 anos”, destacou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ziro

Na fila do cais do Novo Horizonte (posto de saúde de Goiânia), formada a partir das 5 horas, principalmente daqueles que buscam vagas através do encaixe junto assistência social, devido fechamento de cais como do jardim américa, dezenas de idosos reclamam do arrependimento do voto dado ao prefeito Iris Rezende que confiaram em suas falsas promessas e no seu passado, que dizia ser seu melhor mandato entre todos, atendimento digno durante 24 horas nas saúde. Inclusive em coro, relataram que o prefeito mudou sua forma de governar, que antes cuidava melhor da população, que agora não aparece mais junto aos… Leia mais

Assis

Só os fanáticos acreditou nessa lorota!!! kkkkkkkkkk

Márcio Eustáquio

O kaju é um caso raro daquele que é verdadeiro à qualquer custo! Sua candidatura para o senado já está bem encaminhada e terá sua chance de mostrar para todos a covardia que sofreu! O Kajuru não usa o carro que ganhou; trabalha 100% como voluntário; chega às 5:30am e sai às 20h; dos o salário em pró dos exames para diabéticos!
Aquela frase que eu amo: “Mas eu não estou mentindo, P***! Não estou inventando!”

Assis

Se os questionamentos não fosse de autoria desse elemento até que seria justa!! Mas esse cidadão não tem moral pra representar o povo…mente muito acusa muito!!!! Fico muito triste de parte do povo goiano ter acolhido este elemento que tanto tem passado uma imagem negativa de Goiás!! Ele não faria mau algum em pegar o seu boné e partir!!