Projeto deveria ter sido enviado pela Prefeitura em dezembro de 2017, mas vem sendo adiado desde então

Henrique Alves, superintendente da Seplanh | Foto: divulgação

A entrega do Plano Diretor pela Prefeitura de Goiânia à Câmara Municipal tem sido aguardada desde dezembro de 2017, que era seu prazo limite. O Jornal Opção vem acompanhando as mudanças de datas pela administração do município e, agora, o secretário do Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), Henrique Alves, prevê sua entrega para o início do próximo mês, um ano depois do prazo inicial.

Segundo Alves, na manhã desta quarta-feira (21/11), o projeto foi enviado para a procuradoria, onde deve ser analisada sua legalidade. O secretário estima que essa análise deve ser finalizada em uma semana, quando, então, segue para a Casa Civil. “Apenas para que seja realizada a parte técnica legislativa”, explica.

Depois disso é que o projeto segue para a Câmara, onde deve ser apreciado. O secretário ainda afirmou que considera estar dentro do prazo. “Havíamos previsto essa entrega para a segunda quinzena de novembro ou primeira de dezembro”, disse.

O líder da pasta também disse à reportagem que está aguardando o presidente da Casa, vereador Andrey Azeredo (MDB), marcar uma reunião com os vereadores para que seja feita uma apresentação técnica do projeto. “Eles estão discutindo a eleição da mesa diretora, então eu estou aguardando o desenrolar disso para que o presidente possa agendar o encontro”, disse Alves, prevendo que a reunião possa ocorrer na próxima semana.