Com previsão de entrega para agosto, duplicação da GO-020 será garantia de segurança para ciclistas

Obras fazem parte do projeto do governo de Goiás de duplicar todas as rodovias estaduais que saem de Goiânia

O governador Marconi Perillo (PSDB) vistoriou na tarde desta sexta-feira (18/7) as obras da duplicação da GO-020, entre Goiânia e Bela Vista. Com o desafio de ser uma “rodovia modelo”, o trecho deve ser entregue até o final de agosto. A obra é uma reivindicação antiga dos moradores bela-vistenses que trabalham na capital e realizam o trajeto diariamente.

A duplicação da rodovia começa nas proximidades do Autódromo de Goiânia e vai até o trevo de acesso a Piracanjuba. De acordo com a Agetop, mais de 80% da obra já estão finalizados.

A GO-020 abrange uma região bastante conhecida pelos ciclistas goianos, que fazem do trecho em questão um local para a prática do esporte. “A rodovia sempre foi muito utilizada por ciclistas, muitos deles profissionais em treinamento. A falta de um espaço próprio para eles era sempre motivo de preocupação em razão do grande fluxo de veículos. Com a ciclovia, os amantes do esporte ganham um local apropriado para treinar ou se exercitar”, afirmou o presidente da Agência Goiana de Transporte e Obras (Agetop), Jayme Rincón.

As obras na GO-020 fazem parte do projeto do governo de Goiás de duplicar todas as rodovias estaduais que saem de Goiânia. Em entrevista, o governador Marconi disse que faz questão de conferir pessoalmente os organogramas e qualidade das obras a fim de certificar o cumprimento dos prazos estipulados.

“Estou muito feliz porque tínhamos a preocupação com a entrega das pontas e hoje nos foi assegurado que até o dia 15 de agosto elas estarão prontas”, assegurou o tucano. Ao todo, estão sendo reconstruídas as pontes sobre os rios Meia Ponte, Caldas, Olaria, Ribeirão Sapé, Córrego Aborrecida e Ribeirão Barreiro.

Questionado se o período eleitoral pode alterar de alguma maneira o ritmo das obras, o governador reafirmou que “não mistura governo com campanha”.  “Continuaremos em ritmo acelerado”, disse. Com a mesma posição, Jayme Rincón afirmou que todas as obras estão sendo cumpridas conforme o cronograma da gestão estadual. “Nosso calendário não é o eleitoral. O mandato do governador termina em 31 de dezembro de 2014. Até lá, vamos trabalhar e muito, independente de eleições. Não nos preocupa essa data de eleição.”

Críticas da oposição

Mudando o teor da conversa, Jayme Rincón aproveitou a vistoria na GO para comentar sobre os recentes e incansáveis ataques e críticas vindos da oposição, sobretudo do ex-governador Iris Rezende (PMDB) e do deputado federal Ronaldo Caiado (DEM). Com o mesmo argumento utilizado por toda a base aliada, o tucano reiterou que os comentários negativos são a prova de que a oposição pouco tem a oferecer. “Não vamos entrar nessa competição rasteira”, disse em entrevista ao Jornal Opção Online.

Rincón também comentou acerca do discurso do candidato ao governo pelo PMDB que, em recentes declarações, teria criticado as obras do Hugo 2. “Dele eu espero isso mesmo. Ele nunca construiu hospital. Pelo contrário, deixou o HGG inacabado. Iris não é a favor de construir hospital, mas nós somos”, disse.

Além de Iris, Caiado também foi mencionado pelo presidente da Agetop. Ao comentar sobre recentes publicações do democrata em redes sociais, onde afirmou que tem derrubado placas de publicidade do governo de Goiás, Rincón colocou em dúvida o trabalho realizado  pelo político como deputado federal. “A partir do momento em que ele diz que destrói patrimônio público, acho que a própria Câmara Federal e o Senado têm que ficar já de orelha em pé. Eu nunca tinha visto na história de Goiás um caso de um deputado que destrói patrimônio e confessa isso publicamente”, finalizou.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.