Com medo de “lockdown”, população de Manaus lota mercados para estocar produtos

Governo pediu que “a população mantenha o distanciamento social e não acredite em notícias falsas (fake news), disseminadas por meio de redes sociais de forma irresponsável e que têm servido apenas para gerar aglomerações nesses estabelecimentos”

Com receio de um “lockdown”, a população de Manaus está fazendo filas em supermercados para estocar produtos em casa. No entanto, esses estabelecimentos fazem parte dos serviços essenciais e, mesmo que as medidas restritivas sejam intensificadas, é improvável que sejam fechados.

O governo pediu que “a população mantenha o distanciamento social e não acredite em notícias falsas (fake news), disseminadas por meio de redes sociais de forma irresponsável e que têm servido apenas para gerar aglomerações nesses estabelecimentos”.

O Amazonas vem registrando aumento mortes em decorrência da Covid-19 e alta ocupação de leitos nos hospitais.

Os dados mais recentes, divulgados na quinta-feira, 21, apontou que o estado tinha 94,3% dos leitos de UTI destinados aos pacientes com Covid-19 ocupados. A enfermaria para pessoas com a doença estava com ocupação de 93%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.