Marconi inaugura novo centro de diagnósticos do Crer

Novo prédio tem capacidade para a realização de 60 mil exames por mês

 

Com investimento de R$ 35 milhões, o governador de Goiás, Marconi Perillo, inaugurou nesta segunda-feira (15/1) o novo prédio do Centro de Diagnósticos do Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer). Unidade tem capacidade para a realização de 60 mil exames por mês.

O hospital, que se tornou referência no Brasil, já reabilitou pacientes dos mais diversos municípios goianos, do país, e até de outras partes do mundo. Durante a inauguração,  Marconi destacou a importância do atendimento oferecido pela unidade.

“O Crer é hoje uma esperança àqueles que sofrem lesões, são politraumatizados ou têm algum tipo de problema neurológico onde recebem tratamento completo. O Crer é o único hospital público brasileiro que é acreditado com o nível máximo de excelência, o ONA-3”, destacou o governador.

O Centro de Diagnósticos foi batizado de Centro de Diagnóstico Dom Antônio Ribeiro de Oliveira, uma homenagem ao Arcebispo Emérito de Goiânia, que faleceu em fevereiro de 2017, aos 91 anos.

“Dom Antônio deixou marcas de ajuda e amor ao próximo que jamais serão esquecidas”, frisou o superintendente executivo do Crer, Sérgio Daher. Nas palavras do governador, Dom Antônio seu conselheiro e “um entusiasta para que o sonho de construção do Crer se tornasse realidade, um dos maiores hospitais públicos do Brasil”.

Marconi relatou que “muitas pessoas vêm aqui e não sabem que esse é um hospital público, do Governo do Estado. Basta andar por ele para que se perceba o carinho que temos pelas pessoas atendidas no Crer: limpeza, organização e atendimento padrão”. Destacou que “quando se faz pesquisa, algumas pessoas reclamam da saúde pública, mas não sabem que aqui em Goiás o governo faz a sua parte, e faz com competência. E nós não vamos deixar só um hospital nessa situação, mas todos. Nosso governo vai deixar 10 grandes hospitais com atendimentos de alta complexidade”.

O arcebispo metropolitano, Dom Washington Cruz, ministrou uma missa para abençoar o local, os funcionários e as pessoas ali atendidas. Segundo o diretor-geral do Crer, Válney Luiz da Rocha, o Centro de Diagnósticos “veio para ampliar os serviços já prestados, com mais tecnologia e qualidade no atendimento, podendo aumentar de 20 para 60 mil os exames realizados todos os meses”.

Marconi relembrou que ali funcionava um manicômio que foi fechado e a área doada para a SGPA. “O processo foi embargado pela Justiça e aí começamos a sonhar com um hospital nos moldes do Sarah Kubitschek. Conseguimos a liberação da área para a construção de um hospital. Com R$ 5 milhões que conseguimos reaver da extinta Caixego, iniciamos a construção do Crer, eu e a Valéria Perillo”, observou.

O vice-governador José Eliton entende que “essa ampliação dá as condições necessárias para um atendimento cada vez mais individualizado, garante cidadania e acesso a um diagnóstico de média e alta complexidade na medicina”. Ele testemunhou o “excelente” atendimento que recebeu num hospital público de Goiás, o Hugol, e reconheceu que “foi importante o governador Marconi Perillo ter feito os ajustes necessários para que Goiás pudesse sair dessa crise nacional mais rápido e poder, agora, iniciar um ciclo virtuoso de entrega de obras em todas as regiões do Estado, sem precedente na história de Goiás”.

Centro de Diagnóstico

O prédio do Centro de Diagnósticos foi edificado numa área de 3,5 mil m², de cinco andares, onde a população já está sendo atendida numa nova recepção de exames e salas de coletas de sangue. “Isso mostra que estamos no caminho certo, de fazer um Crer absolutamente gratuito, cada vez mais moderno e cada vez mais perto da população. Marconi Perillo é, sem dúvida, o governador que mais investiu em saúde na história de Goiás, reconhecido nacionalmente. Ele enfrentou todos os desafios e dificuldades para consolidar um setor de saúde que é modelo para o Brasil”, observou o secretário de Estado da Saúde, Leonardo Vilela.

 

Deixe um comentário