Com a inauguração de 18º instituto tecnológico, Goiás amplia rede Itego

Unidade em Formosa ofertará 4 mil vagas anuais nos múltiplos cursos profissionalizantes e assistência técnica

O governo de Goiás, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED), inaugurou nesta quinta-feira (21/9), em Formosa, a 18º unidade da Rede de Institutos Tecnológicos de Goiás – Itego Carmen Dutra de Araújo.

Com a presença do governador Marconi Perillo, do vice-governador José Eliton e do secretário Francisco Pontes, titular da SED, o evento reuniu mais de 70 autoridades do Estado e do município, para apresentar a nova unidade que terá capacidade para realizar aproximadamente 14 cursos simultâneos.

O governador Marconi Perillo apontou como projeto da Rede Itego pode contribuir efetivamente na vida das pessoas. “Nosso objetivo é formar jovens e adultos para uma profissão. Não há nada mais importante que a escolarização porque ela democratiza oportunidades. É só através do ensino, do conhecimento, da educação que o filho do pobre ter a mesma oportunidade do filho do rico”, ressaltou o governador.

O secretário Francisco Pontes destacou a unidade como um importante agente de qualificação profissional dos jovens de Formosa e região. Ele informou que o instituto já inicia os trabalhos com a oferta de 500 vagas gratuitas, nos variados cursos técnicos. “Este novo Itego tem a importante função de formar jovens profissionais para um mercado de trabalho competitivo e um setor produtivo bem desenvolvido”, disse.

Rede Itego

A Rede Itego foi inaugurada em maio de 2000, com a instalação do Itego Sebastião de Siqueira, em Goiânia. Nesses 17 anos foram preenchidas mais de 600 mil vagas com as novas unidades e em conjunto com os Colégios Tecnológicos (Cotecs) vinculados. Com o novo modelo de gestão compartilhada por meio das Organizações Sociais, iniciada em junho deste ano, a Rede Itego começou a expandir suas atividades de forma mais dinâmica e célere. Somente em 2018, serão ofertadas mais de 90 mil novas vagas, nas modalidades presencial e à distância.

“Hoje, o avanço científico e tecnológico de Goiás enfrenta desafios e obstáculos, mas serão superados com resultados e nossa força de trabalho. Com a Rede Itego, vamos promover estabilidade econômica e mais desenvolvimento para nossos cidadãos. Esse é o nosso dever, ao investirmos nas políticas públicas de competitividade”, declarou Francisco Pontes.

A unidade

Os recursos para estruturação dessa unidade, em Formosa, foram de aproximadamente R$ 1,1 milhão, em parceria do governo federal, pelo Ministério de Cidades, com o governo do Estado.

Além dos cursos profissionalizantes, o Itego Carmen Dutra de Araújo em breve estará capacitado também para atender demandas de desenvolvimento tecnológico do setor produtivo regional, por meio de assistência técnica. O instituto já contém seis salas de aula, três laboratórios, computadores prontos para serem utilizados.

Nesta nova unidade estão previstos 14 cursos profissionalizantes, dentre eles: informática básica; atendente de nutrição; auxiliar de cozinha; assistente de farmácia; arte de falar em público; gestão de resíduos sólidos; web design; oficina de redação; inglês instrumental; montagem e manutenção de computadores; atendimento ao cliente; e frentista. Em breve estarão disponíveis os cursos de apicultura e também de criação de apiário.

Até o final de 2018, a SED pretende colocar ao menos 30 institutos tecnológicos em plena atividade, com mais de 180 mil vagas, e atendendo demandas em todas as regiões do Estado com unidades descentralizadas, por meio dos Colégios Tecnológicos (Cotec) vinculados aos Itegos.

A unidade do município de Formosa está localizada na Rua 65, esquina com as ruas 11/12, no setor Parque Lago, onde a população poderá buscar mais informações sobre os cursos e inscrições.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.