Com duas emendas, relatório da CPI da Enel é aprovado

Chico KGL pediu apuração de eventual responsabilidade civil dos gestores da empresa e Henrique Arantes solicitou apuração de crimes contra a ordem financeira por parte da Enel

Na tarde desta terça-feira, 17, o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Enel, elaborado pelo deputado estadual Cairo Salim (Pros), foi aprovado com duas emendas do deputado Chico KGL (DEM) e do presidente da CPI, Henrique Arantes (MDB).

O parlamentar do Democratas pediu que fosse acrescentada no relatório a apuração de eventual responsabilidade civil dos gestores da empresa. Já o emedebista pediu a apuração de crimes contra a ordem financeira por parte da Enel.

Agora, com o relatório aprovado, os trabalhos da CPI foram encerrados. “Esperamos que essa empresa pague pelos danos que causou e que os goianos consigam contar com um serviço de qualidade”, disse o presidente da comissão.

O relatório prevê, também, a caducidade do contrato com a Enel e cobra maior participação da Aneel no Estado para intensificar a fiscalização da distribuição de energia em Goiás. Além disso, o parecer pede aos Ministérios Públicos do Estado e Federal que apurem se houve danos morais aos goianos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.