Com dívida total de R$ 98 bilhões, Odebrecht entra em recuperação judicial

Empresa, que chegou a empregar cerca de 190 mil funcionários e faturar mais de R$ 130 bilhões, enfrenta grande declínio desde a Lava Jato

Reprodução / Internet

A Odebrecht S.A encaminhou um pedido de recuperação judicial, na noite da última segunda-feira, 18, ao juiz da 1° Vara de Falências de São Paulo, João de Oliveira Rodrigues Filho. O pedido foi acatado pelo magistrado que nomeou, ainda, o  escritório Alvarez & Marsal como administrador judicial do caso.

O total da dívida, segundo a listagem apresentada pela empresa, é de R$ 98 bilhões. O magistrado estimou que o plano de recuperação da empresa deve ser apresentado em um prazo de 60 dias.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, este é o maior pedido de recuperação judicial da história do Brasil. A solicitação feita pelo grupo, segundo o jornal, supera a da Oi, que chegou em R$ 65 bilhões.

A Odebrecht enfrenta dificuldades de sobrevivência desde que as revelações da Operação Lava Jato vieram à tona. Após o envolvimento no escândalo de corrupção ser divulgado, o grupo, que chegou a empregar mais de 190 mil pessoas e atingir faturamento superior a R$ 130 bilhões, não se reergueu mais. De lá para cá as dívidas foram se amontoando e a empresa encarou um grande declínio.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.