Com atestado médico, presidente da Caoa não comparece à CPI dos Incentivos Fiscais

Requerimento para nova convocação no prazo de 15 dias é aprovado pelos parlamentares

Foto: Divulgação

Por Bia Mendes

O presidente do Grupo Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, não compareceu à oitiva da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Incentivos Fiscais na Assembleia Legislativa de Goiás na tarde desta segunda-feira, 4.

O empresário enviou aos parlamentares um atestado médico de São Paulo que alega que ele não poderá se apresentar pelo prazo de 10 dias à comissão. Um requerimento para que Carlos Alberto seja novamente convocado, dentro de 15 dias, foi aprovado pelos integrantes da CPI durante a reunião.

O deputado Henrique Arantes (MDB) destacou que é preciso que os deputados estejam atentos a qualquer aparição pública do empresário para “averiguar se não se trata de uma mentira.”

Neste momento, o presidente da Mitsubishi, Ailton Coimbra Bonfim, é ouvido pelos parlamentares em relação aos incentivos fiscais concedidos pelo Estado à empresa. O empresário está acompanhado do advogado Felicíssimo Sena.

Uma resposta para “Com atestado médico, presidente da Caoa não comparece à CPI dos Incentivos Fiscais”

  1. JAIRO ANTONIO RIBEIRO disse:

    O CABRA ESTA VIRANDO OU JÁ PODE SET CHAMADO DE SABONETE?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.