Com 100% de ocupação de UTI, Catalão adota novas medidas restritivas

Funcionamento de atividades consideradas não essenciais ficará restrito ao período das 6h às 21h. Reincidentes terão alvará cassado

Secretário de Saúde de Catalão, Velomar Rios

Com 100% de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados, o município de Catalão passa a adotar novas medidas restritivas de combate a Covid-19. Decreto deve ser publicado ainda nesta quinta-feira, 14, e prevê restrição de horário para atividades não essenciais. O prefeito Adib Elias (Podemos) está internado para tratamento da doença em São Paulo.

Com o decreto, que passa a valer assim que for publicado, as atividades no município ficam restritas ao funcionamento das 6h até 21h. A partir desse horário somente serviços de saúde, postos de combustíveis e comércio de alimentação via delivery. Por 10 dias, com avaliação para adotar possíveis novas medidas restritivas.

Catalão possui 13 leitos na Santa Casa, 12 no Hospital Nassr Fayad(com 14 pacientes) e São Nicolau com cinco leitos. Ao todo o município tem 37 leitos ocupados de UTI, segundo levantamento da prefeitura de Catalão.

“Caso seja necessário medidas mais radicais serão tomadas”, diz o secretário de Saúde Velomar Rios. “Infelizmente temos essa situação com leitos de UTI estão totalmente ocupados. As pessoas têm que recuar e evitar excessos e só sair de casa quando for necessário”, pontua.

Segundo o secretário o fluxo de pacientes aumentou bastante da última terça-feira, 12, em diante. A situação até então era considerada tranquila.

O secretário ainda salientou que haverá mobilização da Polícia Militar, Meio Ambiente e regulação municipal para auxiliar a Vigilância Sanitaria para fiscalização “mais contundente” no município. Ele ainda que, se necessário, haverá interdição de estabelecimentos que seguem os protocolos de saúde impostos para combate a pandemia. Caso haja reincidência poderá suspender alvará de funcionamento.

“Queremos salvar vidas para as estruturas sejam efetivas para atender a população”, reforça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.