Coletivo de Atrações traz intervenção cênica e oficina sobre história da performance digital

A performance “Passagem” será encenada pela atriz Fernanda Pimenta na terça-feira, 11 de setembro (data que marcou com violência a história da humanidade), a partir das 19h, e Rô Cerqueira ministra oficina nos dias 11 e 12, das 19h às 22h

Fernanda Pimenta apresenta PASSAGEM pelo Coletivo de Atrações | Foto: Mayara Varalho/Divulgação

Após quase um mês de atividades, o Coletivo de Atrações, projeto cultural que foge da estética clássica e que propõe um novo tipo de experimentação ao público por meio de espaços cenográficos, performances cênicas, palestra e oficina, chega à sua reta final.

Na próxima semana mais duas atividades estão previstas, e elas encerram as intervenções que acontecem em torno da Silhueta Cesare, o esôfago de 20 metros, plantado no centro da grande sala de exposições da Vila Cultural Cora Coralina.

Nesta terça-feira (um 11 de setembro que marcou com violência a história do mundo), a atriz Fernanda Pimenta volta a trespassar a Silhueta na performance “Passagem”, com sua personagem contorcida por dores e tremores de uma angústia própria de nossos tempos.

Na sequência, a artista visual Rô Cerqueira, do Rio De Janeiro, que também é uma das idealizadoras do projeto, ministrará uma oficina com o tema “História da Performance Digital”. A oficina, com vagas para 20 pessoas, abertas a toda população, propõe investigar o uso das novas mídias digitais incorporadas à cena, proporcionando um emaranhado de relações entre os múltiplos espaços do vídeo e do palco, revelando mudanças na representação do espaço e do tempo.

A criação e direção do Projeto Coletivo de Atrações é de Hélio Fróes e Rô Cerqueira. A organização é da Balaio Produções Culturais. A ação conta com recursos do Fundo de Arte e Cultura do Governo de Goiás.

Segundo seus idealizadores, o Coletivo de Atrações é uma possibilidade de encontro entre artistas de diferentes saberes e fazeres com o intuito de aprofundar suas pesquisas e de causar uma intersecção criativa, que se propõe a refletir sobre outras formas de fazer arte, que escapa a toda intenção utilitária.

Serviço:
Projeto Coletivo de Atrações – Vila Cultural Cora Coralina
(Rua 3, s/n – St. Central – Goiânia/GO)
Instalação Silhueta Cesare
Visitação: De 16 de agosto a 16 de setembro
Performance Passagem
11 de setembro, às 19h
Oficina História da Performance Digital
11 e 12 de setembro – Das 19 as 22h.
Todas as atividades têm entrada franca
Para a palestra e oficinas será necessária a inscrição pelo site do evento: www.balaio.pro/coletivodeatracoes

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.