“Retorno é um anseio da categoria que já conta com seus protocolos de segurança elaborados”, afirma presidente do CEE

Foto: Reprodução

A Secretaria de Educação aguarda pelo parecer do Centro de Operações de Emergência (COE) que dirá, já na próxima quarta-feira, 22, se os profissionais da Educação poderão, ou não, retomar as aulas presenciais.

Segundo o presidente do Conselho Estadual de Educação (CEE), Flávio Roberto de Castro, toda a cadeia de profissionais está pronta para retomada da maneira mais segura possível.

“O retorno é um anseio da categoria que já conta com seus protocolos de segurança elaborados. Mas quem determina esse retorno, ou não, é a Secretaria de Saúde através do COE. O compromisso é que a decisão seja comunicada já na próxima quarta-feira”, adiantou ao Jornal Opção.

Vale lembrar que o protocolo aprovado pelo Conselho prevê uma retomada — de maneira escalonada — na primeira semana de agosto.