Cobra píton é solta por engano após ser confundida com jiboia; veja vídeo

Equipes fazem buscas pelo animal, na tentativa de recaptura

A cobra píton solta por engano em uma mata próxima do Gama – cidade satélite do DF. O animal foi solto no local após ter sido confundido por Policiais Militares com uma jiboia. O caso ocorreu na última quarta-feira, 6. Autoridades ambientais agora fazem buscas pelo animal.

A cobra píton, nativa da Ásia, é a segundo maior do mundo em sua espécie, e pode causar problemas graves ao ecossistema. O animal não é venenoso, mas por ser uma cobra exótica, o “retorno” do animal para a mata pode gerar riscos ambientais — além de possíveis acidentes com humanos.

O vídeo da soltura do animal na natureza foi divulgado pela própria PMDF. Após a divulgação, contudo, estudiosos deste tipo de réptil identificaram a cobra como uma píton. Na sexta-feira, 8, a corporação emitiu uma nota admitindo a confusão e reiterando que já procura o animal.

Equipes do Batalhão da Polícia Militar Ambiental do Distrito Federal, do Zoológico de Brasília e de outros órgãos ambientais estão à procura de uma cobra que foi solta na região do Gama após um erro de identificação.

Nota da PM DF

A Polícia Militar do Distrito Federal, por meio do Batalhão de Policiamento Ambiental, realiza um trabalho de excelência o qual tem resultado em altos índices de produtividade. Apenas nesses três primeiros meses de 2022, 126 cobras foram resgatadas. Em 2021 foram 512 cobras.

Com o apoio do Centro de Triagem e Reabilitação de Animais Silvestres (Cetas) e contando, muitas vezes, com a boa vontade de clínicas privadas, o batalhão realiza o manejo desses animais na tentativa de salvar a todos de forma que voltem saudáveis ao seu habitat natural.

O Batalhão, juntamente com o Zoológico e demais órgãos ambientais, já está à procura da Píton. Informamos que a referida cobra era extremamente calma, sendo indício de que era criada em cativeiro. Ressaltamos que alguns estados já estão autorizando o comércio desse animal“.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.