CNBB sai em defesa de bispo preso por desviar dízimo da igreja

Presidente da Regional Centro-Oeste da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil diz expressar solidariedade ao líder religioso 

A regional Centro-Oeste da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) emitiu nota em defesa do bispo dom José Ronaldo Ribeiro, preso na segunda-feira (19) suspeito de desviar recursos da Igreja Católica de Formosa.

Em nota oficial, o bispo de Uruaçu e presidente da Regional Centro-Oeste da CNBB, dom Messias dos Reis Silveira, expressa solidariedade e proximidade à igreja de Formosa e ao líder religioso detido.

“Pedimos a Deus especialmente neste dia de São José, que ele seja providencial no caminho da verdade que buscamos seguir”, diz a nota. Confira abaixo na íntegra:

O Regional Centro-Oeste da CNBB, formado pelas dioceses presentes no estado de Goiás e no Distrito Federal, está unido em oração, participando da dor da Igreja diocesana de Formosa. Em nome do Santo Padre, o papa Francisco, a pedido da Nunciatura Apostólica no Brasil, eu, Dom Messias dos Reis Silveira, bispo diocesano de Uruaçu (GO) e presidente do Regional Centro-Oeste, me encontro em Formosa para expressar a solidariedade e proximidade da Nunciatura com a Igreja de Formosa e também com o bispo diocesano, após a veiculação das denúncias do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), nesta segunda-feira, dia 19 de março, cuja investigação e elucidação dos fatos ainda estão em andamento.

Pedimos a Deus especialmente neste dia de São José, que ele seja providencial no caminho da verdade que buscamos seguir.

Dom Messias dos Reis Silveira
Bispo de Uruaçu e presidente do Regional Centro-Oeste da CNBB

Deixe um comentário